Biologia Reino Animal Anatomia Sistema Circulatório e Linfático

“Existem cinco tipos básicos de lipoproteínas no sangue (e também na linfa). Suas nomenclaturas referem-se às suas densidades. Duas das mais conhecidas são o HDL e LDL. HDL é a abreviatura para lipoproteínas de alta densidade (High-Density Lipoproteins) e LDL para as de baixa densidade (Low-Density Lipoproteins). Concentrações elevadas de LDL podem lentamente se depositar nas camadas internas da parede arterial. Junto com outras substâncias presentes no sangue formam a placa aterosclerótica, que é um depósito espesso e firme responsável pela obstrução de artérias. Já concentrações elevadas de HDL aparentemente protegem o indivíduo contra o infarto do miocárdio. Acredita-se que o HDL remove o excesso de colesterol da placa aterosclerótica, retardando ou inibindo a sua formação, além de transportar o colesterol de volta para o fígado, onde é novamente metabolizado. A elevação das concentrações do HDL é alcançada com exercícios, ausência do fumo, peso adequado, ingestão de fibras e redução no consumo de gorduras trans”. (Informações obtidas em http://www.socesp.org.br/blogdocoracao/ 2012/03/19/a-diferenca-entre-ldl-e-hdl-colesterol/).

Segundo parte da bibliografia relativa ao assunto, concentrações baixas de HDL, inferiores a 40 mg/dL, aumentam o risco de doença cardiovascular. Uma pessoa apresenta 0,6 g de HDL por cada 2 litros de sangue. Esta pessoa:

  • A. não se encontra no grupo de risco, pois a concentração de HDL em seu sangue é 300 mg/dL.
  • B. não se encontra no grupo de risco, pois a concentração de HDL em seu sangue é 1200 mg/dL.
  • C. encontra-se no grupo de risco, pois a concentração de HDL em seu sangue é 30 mg/dL.
  • D. não se encontra no grupo de risco, pois a concentração de HDL em seu sangue é 1,2 mg/dL.
  • E. encontra-se no grupo de risco, pois a concentração de HDL em seu sangue é 3 mg/dL.