Biologia Biologia Celular Biologia molecular

O envelope nuclear é a principal característica das células eucarióticas. Por conter o genoma, o núcleo serve como centro do controle celular. Apresenta ambiente bioquímico distinto do citoplasma, o que permite novas possibilidades para o controle da expressão gênica, em nível de transcrição, e pós-transcricionais. Sendo essa caraterística exclusiva nos eucaliptos. Observando os aspectos estruturais e funcionais no núcleo, podemos afirmar:

  • A.

    O envelope nuclear se caracteriza por uma única bicamada fosfolipídica, onde se observa tráfego de moléculas em apenas uma direção, sempre do núcleo para o citoplasma.

  • B.

    As proteínas de atuação nuclear, tais como DNA polimerase, RNAs polimerases, fatores transcricionais e etc, são traduzidas no citoplasma e importadas seletivamente para o núcleo, após a sua síntese. Isso só é possível porque apresentam uma sequência de aminoácidos específica, denominada de sequência de localização nuclear.

  • C.

    A cromatina, no interior do núcleo, apresenta-se em diferentes graus de condensação. A heterocromatina constitutiva, mesmo fortemente condensada, pode, em algumas situações, descondensar e transcrever genes. Essa estrutura só é observada durante a mitose.

  • D.

    O nucléolo é uma estrutura membranosa presente no interior do núcleo, onde estão presentes os genes do RNA ribossômico, sendo todos transcritos no interior dessa estrutura.

  • E.

    Os poros nucleares são canais presentes no envelope nuclear, estruturalmente simples, que permitem passagem de pequenas moléculas. Não sendo responsável pelo transporte seletivo que se observa entre o núcleo e o citoplasma.