Medicina Especialidade Anestesiologia

Em uma unidade básica de saúde, chega pela primeira vez um paciente de 2 anos de idade com história de crises convulsivas e de alterações no desenvolvimento visual, auditivo e, principalmente, motor. Ao interrogar a mãe do paciente, constata-se que essas alterações tiveram início logo após o nascimento dele, de modo que a hipótese principal levantada é a de paralisia cerebral infantil.

A respeito do diagnóstico apresentado, a etiologia mais frequente desse quadro é

  • A. hemorragia cerebral.
  • B. malformações congênitas.
  • C. anoxia cerebral.
  • D. placenta prévia.
  • E. kernicterus.