Medicina Especialidade Anestesiologia

Um paciente de 48 anos de idade, vítima de FAB em 7.º EICE, linha hemiclavicular, chegou ao PS dez minutos após a ocorrência. Apresentava-se estável hemodinamicamente, eupneico e com abdome flácido e indolor à palpação. Recebeu avaliação inicial adequada e o raio-X de tórax na admissão mostrou hemopneumotórax à esquerda. Foi indicada videotoracoscopia, que evidenciou lesão de 2 cm na cúpula diafragmática esquerda.

Considerando essa situação hipotética, assinale a alternativa que apresenta a próxima conduta a ser realizada.

  • A. drenagem de tórax e laparotomia exploradora
  • B. avaliação do abdome por videotoracoscopia, com óptica através do orifício no diafragma, e drenagem torácica
  • C. sutura do diafragma por videotoracoscopia, drenagem de HTE e ultrassonografia na sala cirúrgica
  • D. sutura do diafragma por videotoracoscopia, drenagem de tórax e ultrassonografia abdominal em oito horas com radiologista
  • E. sutura do diafragma por videotoracoscopia e endoscopia digestiva alta no intraoperatório