Medicina Especialidade Anestesiologia

No estudo da influência da ingestão de chimarrão como possível fator de risco para carcinoma de esôfago, foram selecionados 75 pacientes internados com a doença em um hospital de Porto Alegre. Ao mesmo tempo, foram também selecionadas 150 pessoas sem essa doença, pareadas por sexo e grupo etário, também internadas no mesmo hospital por doença ortopédica. Dos 75 pacientes com carcinoma, 50 fizeram referência ao consumo freqüente de chimarrão; das 150 pessoas com doenças ortopédicas, 75 declararam ter esse hábito.

Acerca desse estudo hipotético, julgue os itens subseqüentes.

Esse tipo de estudo apresenta alta validade interna e é suficiente para concluir decisivamente sobre a causa do carcinoma de esôfago nos pacientes estudados.
  • C. Certo
  • E. Errado