Medicina Especialidade Cardiologia

Atenção: Leia o texto abaixo para responder as questões de números 60 e 61.

           Mulher de 76 anos de idade, portadora de diabetes tipo II, e hipertensão arterial, submetida a revascularização miocárdica há 12 anos, procurou atendimento médico de emergência por dispnéia súbita. Apresenta-se taquidispnéica, sudoréica e pálida, freqüência cardíaca de 124 batimentos por minuto, pressão arterial 190/120 mmHg, crepitações inspiratórias até ápice de tórax e saturação de oxigênio de 84%. O eletrocardiograma mostra ritmo sinusal e infradesnível de segmento ST de 1 mm de V1-V3.

O melhor tratamento imediato para esta paciente deve incluir

  • A.

    cinecoronariografia de emergência.

  • B.

    betabloqueador endovenoso e diurético.

  • C.

    Captopril sublingual − oxigênio − diurético.

  • D.

    AAS − tirofiban − clopidogrel.

  • E.

    nitroglicerina endovenosa, ventilação com pressão positiva e oxigênio, diurético e morfina.