Medicina Especialidade Endoscopia

Paciente do sexo feminino, de 49 anos de idade, previamente hígida, tabagista ativa (alta carga tabágica), trabalha como vendedora e apresenta tosse e perda ponderal há três meses, o que motivou investigação. A tomografia computadorizada de tórax mostrou nódulo pulmonar sólido, periférico, em lobo superior direito, de 2,4 cm x 2,3 cm, e linfonodomegalia hilar ipsilateral (linfonodo 10R), além de linfonodos aumentados no mediastino. Biópsia transparietal guiada por tomografia revelou tratar-se de um carcinoma de pequenas células, fato corroborado pela imuno-histoquímica. PET-CT indicou captação em nódulo pulmonar com SUV de 4, além de captação nos linfonodos mediastinais e lesão hipercaptante em adrenal, ipsilateral. Apresenta boa reserva cardiopulmonar, com uma espirometria mostrando um VEF1 de 2 L. RNM de crânio normal. Sem alterações na avaliação cardiológica, encontrando-se apta para ressecção cirúrgica (lobectomia). Foi realizada mediastinoscopia cervical que mostrou acometimento neoplásico nos linfonodos das cadeias 4D (paratraqueal direto) e 7 (subcarinal). De acordo com a hipótese clínica apresentada e os conhecimentos médicos a ela relacionados, julgue os itens a seguir. O tratamento dessa paciente deverá incluir quimioterapia sistêmica combinada.
  • C. Certo
  • E. Errado