Medicina Especialidade Pneumologia

Paciente de 66 anos, masculino, deseja parar de fumar. Tabagista desde os 16 anos, inicialmente fumava 10 cigarros ao dia. Há 30 anos fuma 35 cigarros ao dia. O primeiro cigarro entre 30 e 60 minutos após acordar e é o que traz mais prazer. Fuma mais pela manhã e não fuma quando está doente. Não fuma em locais proibidos. Já tentou parar de fumar por três vezes sem êxito. Ficou um máximo de quatro meses sem fumar. Voltou a fumar devido à insônia, ao ganho de peso, à tristeza e à irritação. Tem medo de não conseguir agora. O cigarro diminui o estresse. Se restringe a eventos sociais familiares por conta do preconceito da sociedade. IS: Apetite aumentado atribuído à ansiedade e ao estresse. HV: Etilismo desde os 15 anos, atualmente usa 10 a 15 cervejas por dia no final de semana, com os amigos. Fuma mais nestes momentos. AM: IAM há 6 meses. AF: pai falecido de câncer de laringe e irmã com depressão há vários anos. Ao exame físico: Paciente ansioso, torce as mãos com frequência. Ativo e auto-orientado, corado. PA: 140x90 mmHg, FC:100 bpm, FR: 21 bpm; Restante do exame normal.

Sobre esse caso, analise as assertivas e identifique com V as verdadeiras e com F as falsas.

( ) O estágio motivacional deste paciente é o contemplativo.

( ) A prevalência de depressão é maior entre os fumantes mais dependentes.

( ) São sintomas da síndrome de abstinência à nicotina: insônia, tristeza e irritação

( ) São necessárias entre cinco e oito tentativas para a completa abstenção do tabagismo.

( ) O resultado do teste de dependência à nicotina desse paciente é seis, o que mostra elevado grau de dependência à nicotina.

A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é

  • A. V V F V V
  • B. V F F F V
  • C. V V V F F
  • D. F F V F F
  • E. F V V V V