Medicina Especialidade Psiquiatria

Um estudante de odontologia, de 21 anos de idade, é levado ao psiquiatra, pela namorada, por apresentar “condutas incomuns”, há cerca de 2 meses, desde que iniciou o estágio clínico. Ele conta os instrumentais usados durante a consulta, lava as mãos excessivamente e fica colocando em ordem de cor os materiais utilizados, o que aumenta o tempo de atendimento e o faz receber críticas dos professores. Apresenta pensamentos recorrentes com relação a contaminação com doenças infectocontagiosas e, às vezes, tem um tique facial. Nega outras queixas ou uso de substâncias

Com relação ao caso clínico descrito e aos conhecimentos médicos correlatos, julgue os itens a seguir.

Prejuízos na função executiva, na memória (sobretudo a não verbal) e nas habilidades visoespaciais têm sido observados em pacientes com esse transtorno, sendo as estruturas mais envolvidas o corpo caloso, a cápsula interna e o fascículo longitudinal superior.
  • C. Certo
  • E. Errado