Medicina Especialidade Medicina Nuclear Radioterapia

As neoplasias malignas de vulva são raras, sendo menos de 5% dos tumores ginecológicos. O tratamento radioterápico pode ser empregado tanto no intuito radical curativo quanto no paliativo. Em relação a esse assunto, o fator prognóstico mais importante para a sobrevida a longo prazo é a (o)
  • A. idade.
  • B. padrão de crescimento desassociado.
  • C. ulceração do tumor primário.
  • D. metástase linfonodal.
  • E. tamanho do tumor primário.