Questões de Concurso de Traumatologia - Medicina

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 993250

Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão do Ceará - CE (SEPOG/CE) 2018

Cargo: Médico Traumatologista / Questão 1

Banca:

Nível: Superior

O seguinte ligamento se insere no processo lateral do tálus:
  • A. ligamento bifurcado.
  • B. deltoide.
  • C. talofibular anterior.
  • D. talofibular posterior.

Questão 993251

Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão do Ceará - CE (SEPOG/CE) 2018

Cargo: Médico Traumatologista / Questão 2

Banca:

Nível: Superior

Qual o indicador mais precoce de isquemia de Volkmann?
  • A. Dor.
  • B. Preenchimento capilar fraco.
  • C. Contratura dos dedos.
  • D. Gangrena.

Questão 993252

Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão do Ceará - CE (SEPOG/CE) 2018

Cargo: Médico Traumatologista / Questão 3

Banca:

Nível: Superior

Acerca da luxação esternoclavicular, é correto afirmar.
  • A. A luxação anterior ocorre devido trauma direto e é o mais comum.
  • B. A luxação posterior é mais rara.
  • C. A luxação esternoclavicular é mais comum comparada à acromioclavicular.
  • D. Redução incruenta normalmente é estável, não necessitando de fixação.

Questão 993253

Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão do Ceará - CE (SEPOG/CE) 2018

Cargo: Médico Traumatologista / Questão 4

Banca:

Nível: Superior

Morte de paciente no terceiro dia pós-fratura de pelve ocorre mais frequentemente devido à:
  • A. hemorragia.
  • B. embolia gordurosa.
  • C. infecção.
  • D. Síndrome da Angústia Respiratória aguda.

Questão 993254

Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão do Ceará - CE (SEPOG/CE) 2018

Cargo: Médico Traumatologista / Questão 5

Banca:

Nível: Superior

A ação de qual dos músculos abaixo mais dificulta a manutenção da redução da fratura de Bennett?
  • A. Flexor longo do polegar.
  • B. Extensor longo do polegar.
  • C. Oponente.
  • D. Abdutor longo do polegar.

Questão 993255

Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão do Ceará - CE (SEPOG/CE) 2018

Cargo: Médico Traumatologista / Questão 6

Banca:

Nível: Superior

Quanto às fraturas do capítulo, é correto afirmar.
  • A. O fragmento de Kocher-Lorenz está presente na fratura tipo III.
  • B. São complicações cúbito valgo e paralisia ulnar tardia.
  • C. As fraturas do tipo I normalmente não precisam ser fixadas.
  • D. Na fratura do tipo III, há extensão para a tróclea.

Questão 993256

Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão do Ceará - CE (SEPOG/CE) 2018

Cargo: Médico Traumatologista / Questão 7

Banca:

Nível: Superior

O acesso cirúrgico ideal, para tratamento de fratura supracondileana do úmero com ausência de pulso, é feito entre o seguinte intervalo muscular:
  • A. pronador redondo e braquial.
  • B. pronador redondo e tríceps.
  • C. pronador redondo e bíceps.
  • D. braquiorradial e bíceps.

Questão 993257

Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão do Ceará - CE (SEPOG/CE) 2018

Cargo: Médico Traumatologista / Questão 8

Banca:

Nível: Superior

Durante o acesso anterior ao ombro, tração excessiva no tendão conjunto pode causar com maior frequência:
  • A. flexão do cotovelo.
  • B. flexão do ombro.
  • C. rotação interna do ombro.
  • D. abdução do ombro.

Questão 993258

Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão do Ceará - CE (SEPOG/CE) 2018

Cargo: Médico Traumatologista / Questão 9

Banca:

Nível: Superior

Em uma fratura desviada do calcâneo, qual fragmento é o único de permanece em uma posição anatômica?
  • A. Tuberosidade posterior.
  • B. Faceta articular posterior.
  • C. Sustentaculum tali.
  • D. Parede lateral.

Questão 993259

Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão do Ceará - CE (SEPOG/CE) 2018

Cargo: Médico Traumatologista / Questão 10

Banca:

Nível: Superior

Lesão de qual das estruturas pode acompanhar a retirada de enxerto do ilíaco?
  • A. Artéria glútea superior da crista ilíaca anterior.
  • B. Artéria glútea inferior da crista ilíaca posterior.
  • C. Artéria femoral da crista ilíaca posterior.
  • D. Nervo cutâneo femoral lateral da crista ilíaca anterior.