Os parâmetros clínicos no monitoramento da Síndrome Pulmonar Restritiva dos pacientes com doença neuromuscular são

  • A.

    capacidade vital, pico de tosse não-assistida e assistida, saturação do oxigênio e frequência de pulso

  • B.

    capacidade vital, gasometria arterial e frequência de pulso.

  • C.

    capacidade vital forçada, gasometria arterial e frequência de incursões respiratórias por minuto.

  • D.

    capacidade vital forçada, gasometria arterial e saturação do oxigênio.

  • E.

    capacidade vital forçada, gasometria arterial e pico de tosse assistida e não-assistida.