Questão de concurso
1
Q849572
Medicina Anestesiologia
Atalhos
Compartilhar
Ano: 2017
Banca: Instituto Americano de desenvolvimento - IADES
Prova: IADES - HFA - Hospital das Forças Armadas - Médico Residente - Área Anestesiologia

O pediatra é chamado por uma enfermeira, responsável pelo plantão da maternidade de um hospital, e questionado acerca de um recém-nascido de 6 horas de vida, que se encontra internado em alojamento conjunto com a mãe. Ela informa que os pais estão ansiosos quanto à possibilidade de uma malformação cardíaca do paciente, uma vez que há casos na família. Após examinar o paciente e não encontrar alterações, orienta os familiares, bem como a equipe de enfermagem, em relação à realização do teste do coraçãozinho, que é conduzida de forma universal como parte da triagem neonatal do Sistema Único de Saúde (SUS). O teste permite identificar precocemente graves malformações cardíacas e, caso apresente resultado alterado, o paciente deve ser submetido a um exame de ecocardiograma para confirmar o diagnóstico.

Acerca do caso apresentado, da técnica recomendada pelo Ministério da Saúde e do resultado do teste, assinale a alternativa correta:

A
Aferir a saturação de oxigênio (SpO 2) no membro superior direito e em um dos membros inferiores, entre 12 e 24 horas de vida, antes da alta hospitalar. O resultado normal é saturação periférica maior ou igual a 90% em ambas as medidas e diferença menor que 3% entre as medidas. Caso qualquer medida da SpO2 esteja alterada, uma nova aferição deverá ser realizada após 12 horas. Caso o resultado se confirme, um ecocardiograma deverá ser realizado prontamente.
B
Aferir a saturação de oxigênio (SpO 2) no membro superior esquerdo e em um dos membros inferiores, entre 24 e 48 horas de vida, antes da alta hospitalar. O resultado normal é saturação periférica maior ou igual a 90% em ambas as medidas e diferença menor que 3% entre as medidas. Caso qualquer medida da SpO2 esteja alterada, uma nova aferição deverá ser realizada após uma hora. Caso o resultado se confirme, um ecocardiograma deverá ser realizado prontamente.
C
Aferir a saturação de oxigênio (SpO 2) no membro superior direito e em um dos membros inferiores, entre 36 e 48 horas de vida, antes da alta hospitalar. O resultado normal é saturação periférica maior ou igual a 95% em ambas as medidas e diferença menor que 3% entre as medidas. Caso qualquer medida da SpO2 esteja alterada, uma nova aferição deverá ser realizada após 12 horas. Caso o resultado se confirme, um ecocardiograma deverá ser realizado prontamente.
D
Aferir a saturação de oxigênio (SpO 2) no membro superior direito e em um dos membros inferiores, entre 24 e 48 horas de vida, antes da alta hospitalar. O resultado normal é saturação periférica maior ou igual a 95% em ambas as medidas e diferença menor que 3% entre as medidas. Caso qualquer medida da SpO2 esteja alterada, uma nova aferição deverá ser realizada após uma hora. Caso o resultado se confirme, um ecocardiograma deverá ser realizado prontamente.
E
Aferir a saturação de oxigênio (SpO 2) no membro superior esquerdo e em um dos membros inferiores, entre 12 e 24 horas de vida, antes da alta hospitalar. O resultado normal é saturação periférica maior ou igual a 90% em ambas as medidas e diferença menor que 3% entre as medidas. Caso qualquer medida da SpO2 esteja alterada, uma nova aferição deverá ser realizada após 12 horas. Caso o resultado se confirme, um ecocardiograma deverá ser realizado prontamente.