Sociologia (Ciências Sociais) Sociologia Aplicada e Questões Sociológicas Meio ambiente e sociedade

Foram necessários 10 Mil anos para a população mundial atingir 1 Bilhão de pessoas. Foi apenas necessário um século - de 1800 a 1900 - para que a população duplicasse para 2 Bilhões. No século XX, vimos este número triplicar para aproximadamente 6 Bilhões. Por isso, não é surpreendente, que muitas pessoas se preocupem com o que nos reserva o século XXI se a população mundial continuar a crescer como até aqui, chegará a níveis intoleráveis daqui a quarenta ou cinquenta anos. (GIDDENS, Antony. Sociologia. Lisboa. Fundação Calouste Gulbenkian, 2008.)

Assinale a alternativa que apresente as consequências desse aumento da população sobre o Meio Ambiente.

  • A. Um problema que todos enfrentamos diz respeito à ecologia do ambiente. A difusão da produção industrial já produziu efeitos que podem causar danos irreparáveis no meio ambiente. Apesar dos problemas terem causados esses efeitos, a maioria dos países industrializados recuperaram boa parte do meio ambiente natural que foi depredado.
  • B. A crescente recuperação do Meio Ambiente levou a falência vários movimentos sociais ligados as causas ecológicas surgidos na década de 1970. Esses movimentos tinham como filosofia preocupação comum a tomada de medidas para a proteção do ambiente mundial, para conservar os seus recursos em vez de explorá-los até ao limite e para proteger as espécies animais que restam.
  • C. Antes do desenvolvimento da indústria moderna, a natureza dominava a vida humana e o contrário não sucedia. Hoje, as agressões humanas ao ambiente são tão intensas que há poucos processos naturais não influenciados pela atividade humana. Quase toda a terra cultivável é utilizada para a produção agrícola. O que costumava ser natureza selvagem quase inacessível transformou-se em reservas naturais, visitadas rotineiramente por milhares de turistas.
  • D. Em vez de apelarem pelo fim do crescimento econômico, os desenvolvimentos mais recentes voltam-se para a noção de desenvolvimento sustentável. Esse modelo adota o crescimento deveria ser conduzido, pelo menos idealmente, de forma a os lucros deveriam ser melhor compartilhados entre as pessoas para que essas deixassem de desperdiçar os recursos naturais.
  • E. Apesar dos ricos serem os principais consumidores, o prejuízo ambiental causado pelo consumo dos mais pobres é igualmente prejudicial ao meio ambiente. Os ricos não dispõem de nenhum privilegio em relação aos pobres, pois as consequências do desgaste ambiente são sentidas por todos. A nível local, os grupos mais ricos mesmo com mais recursos econômicos que lhes permitem dividem as mesmas áreas problemáticas com os menos favorecidos financeiramente.