Nas lesões de membro superior a avaliação dos componentes de desempenho NÃO contempla

  • A.

    avaliação do desempenho neuromuscular que inclui testes de padronização para os movimentos finos e grosseiros

  • B.

    avaliação da sensação do cliente que inclui consciência funcional do membro e sentimentos subjetivos em relação ao membro lesionado

  • C.

    avaliação dos aspectos psicológicos que começa com a identificação do comportamento e sentimentos em relação à lesão

  • D.

    avaliação do controle motor que considera o membro afetado usando o membro sadio como um guia para a função normal do indivíduo.