Com relação à intervenção do terapeuta ocupacional em indivíduos com deficiência auditiva, assinale a opção correta.

  • A.

    Não existem diferenças conceituais entre os termos surdez e deficiência auditiva, ficando a critério do terapeuta a escolha do termo mais adequado.

  • B.

    A noção de tempo é uma das mais fáceis de trabalhar em pessoas com deficiência auditiva e, portanto, deve ser o ponto inicial de um protocolo de estimulação precoce.

  • C.

    O surdo necessita de estimulação de percepções visuais de forma intensa, a fim de provocar uma compensação do isolamento e exclusão gerados pela deficiência.

  • D.

    As pessoas surdas preferem relações com pessoas ouvintes já que, apesar da deficiência, elas possuem a mesma forma de olhar o mundo.

  • E.

    Na estimulação precoce da criança surda, o objetivo é promover um desenvolvimento adaptado ao meio, antecipando etapas evolutivas, a fim de diminuir as desvantagens causadas pela deficiência.