Está estudando para Médico Residente de Acesso Direto - Área Acunpuntura - ESCS/DF? Veja o Programa de Estudo que preparamos para você:

O paciente J. O. C., de 75 anos de idade, chega ao serviço de pronto atendimento com dor aguda, cansaço, fraqueza muscular e sensação de câimbra nos pés após caminhada de duas quadras, obrigando-o a parar, sem melhora após alguns minutos em repouso. Relata histórico cirúrgico por dissecção aguda da aorta torácica. Ao exame: REG, corado, hidratado, TAX = 37 °C, FC = 100 bpm, FR = 21 irpm, índice tornozelo-braquial (ITB) 0,26. Lesão ulcerosa em MID sem sinais de infecção. Exames indicam leucócitos 8.000 células/mm3 sem desvio. O paciente foi submetido a operação vascular, evoluindo com febre no POI e infecção do sítio cirúrgico (ISC), posteriormente. Com relação a esse caso clínico, julgue os itens a seguir. Se a dissecção aórtica na fase aguda, mencionada no caso clínico, é de diagnóstico inferior a 30 dias, é invariável a conduta cirúrgica no tipo B da classificação de Stanford.
  • C. Certo
  • E. Errado