- Médico Clínico Geral - 2019
Questão 4
4
Q1274672
Língua Portuguesa Interpretação de Texto
Atalhos
Compartilhar
Ano: 2019
Banca: Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul - IESES
Prova: IESES - Prefeitura de Gaspar - Médico Clínico Geral

Leia o texto a seguir:

“Há 20 anos, Portugal deu uma guinada em suas políticas antidrogas [...]. [...] o governo aprovou uma nova estratégia que começaria a ser implementada dois anos depois, após longos debates com a sociedade civil e no Parlamento. A legislação estava longe de ser revolucionária: não se considerava mais crime o consumo daqueles que portassem no máximo 10 doses de uma determinada substância ilícita.

Não muito diferente do que acontece na Espanha, por exemplo. Mas o que fez a diferença foi a mudança de sensibilidade em relação aos viciados: deixaram de ser tratados como criminosos, receberam programas de cuidados, de substituição de heroína por metadona, foram incluídos no sistema de saúde para tratarem suas doenças. Os resultados não demoraram a chegar.

Apesar de o consumo global de drogas não ter diminuído, o de heroína e cocaína, duas das mais problemáticas, passou de afetar 1% da população portuguesa para 0,3%; As contaminações por HIV entre os consumidores caíram pela metade (na população total, passaram de 104 novos casos por milhão ao ano em 1999 para 4,2 em 2015), e a população carcerária por motivos relacionados às drogas caiu de 75% a 45%.”

(Adaptado de https://brasil.elpais.com/brasil/2019/05/02/internacional/1556794358_ 113193.html. Acesso 9 de maio de 2019)

Assinale a alternativa correta, de acordo com o texto:

A

A política antidrogas de Portugal arrefeceu o consumo de drogas perigosas e reduziu substancialmente o número de contaminações por HIV e encarceramento por drogas.

B

A política portuguesa de combate ao consumo de drogas está sendo eficiente para reduzir o uso de drogas lícitas, além de reduzir o consumo global e o uso de anfetaminas. Baseando-se nas leis de Espanha, Portugal também conseguiu reduzir o encarceramento por drogas.

C

Apesar de não possuir uma legislação moderna para o combate ao consumo de entorpecentes, Portugal lançou mão de uma lei espanhola de tolerância ao porte de substâncias aditivas

D

Portugal tornou-se referência no combate à discriminação dos cocainômanos ao promover uma política inclusiva através de uma legislação totalmente nova.