SES SP - Residência em Fisioterapia - Área: Atenção à Terapia Intensiva - 2021
Questão 52
52
Q1645888
Fisioterapia Ventilação Mecânica
Atalhos
Compartilhar
Ano: 2021
Banca: Instituto Americano de desenvolvimento - IADES
Prova: IADES - SES SP - Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo - Residência em Fisioterapia- Área: Práticas Integrativas e Complementares em Saúde

Recomenda-se que o paciente seja retirado da ventilação mecânica assim que clinicamente possível, porém, para que isso aconteça, é necessário que o fisioterapeuta e a equipe multiprofissional da unidade de terapia intensiva saibam avaliar essa condição clínica diariamente. Com base no exposto, assinale a alternativa que indica um conjunto de características clínicas as quais permitem eleger o paciente apto a iniciar o desmame da ventilação invasiva.

A

Hemodinâmica estável, com boa perfusão tecidual, sem ou com doses baixas de vasopressores; ausência de insuficiência coronariana descompensada ou arritmias com repercussão hemodinâmica; PaO2 ≥ 60 mmHg com FIO2 ≤ 0,4 e PEEP ≤ 5 a 8 cmH2O; e balanço hídrico positivo para evitar eventos hemodinâmicos durante o desmame.

B

PaO2 ≥ 60 mmHg com FIO2 ≤ 0,4 e PEEP ≤ 5 a 8 cmH2O; balanço hídrico positivo para evitar eventos hemodinâmicos durante o desmame; e paciente capaz de iniciar esforços inspiratórios.

C

Hemodinâmica estável, com boa perfusão tecidual, sem ou com doses baixas de vasopressores, ausência de insuficiência coronariana descompensada ou arritmias com repercussão hemodinâmica; equilíbrio ácido-básico e eletrolítico normais e balanço hídrico positivo para evitar eventos hemodinâmicos durante o desmame

D

Paciente capaz de iniciar esforços inspiratórios; equilíbrio ácido-básico e eletrolítico normais e balanço hídrico positivo para evitar eventos hemodinâmicos durante o desmame; e paciente capaz de iniciar esforços inspiratórios.

E

Hemodinâmica estável, com boa perfusão tecidual, sem ou com doses baixas de vasopressores; ausência de insuficiência coronariana descompensada ou arritmias com repercussão hemodinâmica; PaO2 ≥ 60 mmHg com FIO2 ≤ 0,4 e PEEP ≤ 5 a 8 cmH2O; e paciente capaz de iniciar esforços inspiratórios.