Questões de Concurso de Belo Horizonte - MG - Atualidades e Conhecimentos Gerais

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1122723

Concurso Guarda Civil 2019

Questão 37

Fundação Guimarães Rosa (FGR)

Nível Médio

Leia os itens abaixo. Eles se referem aos pontos turísticos do Município de Belo Horizonte:

I - Circuito Cultural Praça da Liberdade: Importante “corredor de cultura” do Brasil; está localizado em uma área histórica de Belo Horizonte que remonta à época da construção da capital; abriga museus, centros de cultura e de formação; ao procurar articular o espaço urbano aos diversos grupos artísticos e populares, o Circuito vem se consolidando como importante política pública cultural em Minas Gerais.

II - Conjunto Moderno da Pampulha: Área turística de grande visitação, tornou-se Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. A obra-prima, construída em meados no século passado, leva a assinatura de Oscar Niemeyer, Roberto Burle Marx e Cândido Portinari. Inclui edifícios e jardins da Igreja São Francisco de Assis, o Museu de Arte da Pampulha, a Casa do Baile, o Iate Tênis Clube, entre outros, o espelho d’água e a orla da Lagoa.

III - Museu Histórico Abílio Barreto: Projetado inicialmente para ser um cassino na década de 1940, durante a administração do prefeito Juscelino Kubitschek. Os jardins que circundam o prédio têm como característica principal sua composição de formas sinuosas, com grandes blocos ou manchas de cores, construídas com espécies da flora brasileira. Foram incorporadas ao paisagismo estátuas de Ceschiatti, Zamoiski e José Pedrosa.

IV - Mirante do Mangabeiras: Localizado no bairro Mangabeiras, o espaço é constituído por dois decks, grande área gramada, plantas ornamentais e bancos. O Mirante foi incorporado ao Parque das Mangabeiras, que está numa área de preservação ambiental, e proporciona uma visão privilegiada da capital. Duas esculturas em aço, em formato de olhos, foram instaladas simbolizando o convite à contemplação de Belo Horizonte.

Estão CORRETOS os itens:

  • A. Apenas II, III e IV.
  • B. Apenas I, II e III.
  • C. Apenas I, II e IV.
  • D. Todos eles estão corretos.

Questão de Concurso - 1122724

Concurso Guarda Civil 2019

Questão 38

Fundação Guimarães Rosa (FGR)

Nível Médio

Sobre as características da violência em Belo Horizonte e na RMBH (ZILLI, BEATO, 2015) é CORRETO afirmar que:

  • A.

    Na maioria dos eventos, verifica-se que a distância é grande entre o local de moradia das vítimas de homicídio e o local onde foram assassinadas, geralmente ocorrendo em bairros diferentes.

  • B.

    A atuação de gangues e grupos armados ocorre de maneira fragmentada, em vários pequenos grupos, sem a filiação a qualquer “confederação criminosa”, como ocorre no Rio de Janeiro.

  • C.

    Os grupos delinquentes vinculam-se a diversos territórios de várias vilas e favelas da Região Metropolitana, pois visam expandir suas atividades criminosas.

  • D.

    As principais gangues e grupos armados atuam nas favelas e aglomerados de municípios periféricos do Colar Metropolitano de Belo Horizonte.

Questão de Concurso - 1122728

Concurso Guarda Civil 2019

Questão 40

Fundação Guimarães Rosa (FGR)

Nível Médio

Leia os itens abaixo. Eles se referem aos principais eventos culturais realizados no Município de Belo Horizonte.

I. Arraial de Belo Horizonte: o evento realizado na Praça da Estação está entre os cinco maiores destinos turísticos brasileiros do período junino.

II. Carnaval: nos últimos dez anos este evento vem perdendo importância devido à redução do número de participantes.

III. Aniversário de Belo Horizonte: evento realizado no mês de janeiro quando se comemora a inauguração da capital.

IV. Parada do Orgulho LGBT QIAPQIAP: A edição de 2018 abordou o tema “Mais Democracia e Mais Direitos Humanos: esse é o Brasil que queremos para as LGBT.”

Estão CORRETOS os itens:

  • A. II e III.
  • B. I, II e III.
  • C. II, III e IV.
  • D. I e IV.

Questão de Concurso - 1122734

Concurso Guarda Civil 2019

Questão 44

Fundação Guimarães Rosa (FGR)

Nível Médio

Conforme o texto A administração municipal do prefeito Juscelino Kubitschek: estética e planejamento da cidade de Belo Horizonte na década de 1940 de Marcelo Cedro (2006), a imprensa e o poder público articulavam discursos sobre reformas dos guetos. Por quê? Marque a alternativa CORRETA.

  • A.

    Era necessário que os guetos passassem por uma reforma na estrutura, como pinturas mais modernas para expressar a boa imagem.

  • B.

    Era necessário reformar imediatamente esses guetos em formação, já que se constituíam pontos nevrálgicos de violência e insalubridade e que, além disso, prejudicavam a imagem estética da cidade.

  • C.

    As reformas dos guetos eram importantes, porque faziam parte da construção histórica da modernidade que surgia.

  • D.

    As reformas eram necessárias porque faziam parte do projeto arquitetônico da cidade.

Questão de Concurso - 1122736

Concurso Guarda Civil 2019

Questão 45

Fundação Guimarães Rosa (FGR)

Nível Médio

De acordo com o texto de Rogério Arruda (2012) sobre a relação Belo Horizonte e La Plata: cidades-capitais da modernidade latino-americana no final do século XIX marque a alternativa CORRETA:

  • A.

    La Plata e Belo Horizonte surgiram como cidades-modelo ideais, que rapidamente demonstraram as distâncias entre seu planejamento e sua execução. Elas são provas do grande hiato existente entre idealização de uma ocupação e apropriação efetiva do espaço.

  • B.

    A construção de uma nova capital para a província de Buenos Aires se associa imediatamente à revolução de 1880, ocorrida na cidade de Buenos Aires. Já a construção de Belo Horizonte se vincula a revolução de 1930, oportunidade usada por parcela das elites mineiras para encaminhar um processo de modernização do Estado.

  • C.

    O engenheiro Aarão Reis somente realizou os estudos das localidades para a nova capital de Minas, porém não participou do seu planejamento nem da construção.

  • D.

    A proposta urbanística para a nova capital inviabilizou em termos racionais e, técnicos uma cidade que não fosse diferente das formas urbanas que prevaleciam em Minas Gerais e em grande parte do Brasil.

Questão de Concurso - 1122737

Concurso Guarda Civil 2019

Questão 46

Fundação Guimarães Rosa (FGR)

Nível Médio

De acordo com texto Mercado do crack e violência urbana na cidade de Belo Horizonte de autoria de Luís Flávio Sapori e outros (2012), é CORRETO afirmar que:

  • A.

    Um importante projeto de prevenção social da criminalidade, o Fica Vivo, foi implantado a partir de 2004 nos aglomerados de Belo Horizonte, que apresentavam os maiores indicadores de homicídios. Além de contemplar diversas ações de inclusão social de jovens em situação de vulnerabilidade social, o projeto não envolvia a presença da Polícia Militar.

  • B.

    A ação governamental, por meio do Fica Vivo, não foi capaz de impactar a incidência de homicídios nem combater a disseminação do comércio e do consumo do crack.

  • C.

    A sucessão de homicídios começou a atrair a presença de pessoas para os aglomerados, interessados em comercializar drogas, fato que afeta diretamente a lucratividade do comércio da droga ilícita.

  • D.

    O comércio ilegal do crack em Belo Horizonte instala-se, inicialmente, em um aglomerado urbano, como foi o caso da Pedreira Prado Lopes; cria, então, um mercado consumidor e, posteriormente, vai se propagando para outras localidades.

Questão de Concurso - 1122740

Concurso Guarda Civil 2019

Questão 48

Fundação Guimarães Rosa (FGR)

Nível Médio

Conforme o texto A administração municipal do prefeito Juscelino Kubitschek: estética e planejamento da cidade de Belo Horizonte na década de 1940, do autor Marcelo Cedro (2006), os empreendimentos realizados em Belo Horizonte pelo prefeito Juscelino Kubitschek abrangeram mudanças. Quais foram essas mudanças? Marque a alternativa CORRETA.

  • A.

    Inicialmente as mudanças foram somente na esfera material – para promover mais construções de prédios modernos para os trabalhadores que emigravam do interior.

  • B.

    As mudanças ocorreram na esfera material - para trazer ao novo centro urbano as grandes indústrias para garantir mais emprego para população. Na esfera cultural construir um cinema para a diversão dessa população.

  • C.

    No âmbito material – como a construção de novos bairros, asfaltamento de ruas e avenidas, serviço de saneamento e terraplenagem, aterro de córregos etc.; enfim, uma nova reestruturação e planejamento urbanos –, como também na esfera cultural, a partir da Exposição de Arte Moderna e do projeto arquitetônico da Pampulha, entre outros.

  • D.

    Inicialmente as mudanças foram somente na esfera cultural – na construção de prédios arquitetônicos para moldar as cidades conforme a Europa.

Questão de Concurso - 1122741

Concurso Guarda Civil 2019

Questão 49

Fundação Guimarães Rosa (FGR)

Nível Médio

Em relação ao texto A política de proteção do patrimônio cultural em Belo Horizonte, de autoria de Mariana Brandão e Carolina Soares (2017) é CORRETO afirmar que:

  • A.

    Adotar prioritariamente a proteção através de Conjuntos Urbanos não exclui, entretanto, a possibilidade de se efetuar tombamentos de imóveis, ou registros de manifestações culturais isolados, ou seja, em áreas fora daqueles conjuntos estabelecidos ou em estudo/inventário.

  • B.

    A proteção de Conjuntos Urbanos exclui a possibilidade de se efetuar tombamentos de imóveis, ou registros de manifestações culturais isolados, ou seja, em áreas fora daqueles conjuntos estabelecidos ou em estudo/inventário.

  • C.

    A proteção de Conjuntos Urbanos só pode ser realizada de forma isolada, caso contrário o serviço municipal de preservação não valida a proteção.

  • D.

    Adotar prioritariamente a proteção através de Conjuntos Urbanos exclui, entretanto, a possibilidade de se efetuar tombamentos de imóveis, e os registros de manifestações culturais isolados independentemente se estiver fora daqueles conjuntos estabelecidos ou em estudo/inventário.

Questão de Concurso - 1122742

Concurso Guarda Civil 2019

Questão 50

Fundação Guimarães Rosa (FGR)

Nível Médio

Em relação ao texto A política de proteção do patrimônio cultural em Belo Horizonte (BRANDÃO E SOARES, 2017) é CORRETO afirmar que:

  • A.

    A política de patrimônio no Município de Belo Horizonte teve início em 1930 com a revolução.

  • B.

    O município de Belo Horizonte teve sua política de preservação e promoção ao patrimônio cultural instituída no contexto dos debates relacionados à redemocratização do País na década de 1980 e materializada no texto da Constituição de 1988, particularmente em seus artigos 215 e 216.

  • C.

    A Política de Patrimônio de Belo Horizonte, que focou mais na questão da arquitetura, teve início no final do século XIX.

  • D.

    A política de Patrimônio de Belo Horizonte se constituiu e materializou com a constituição de 1934, com a chamada Era Vargas.

Questão de Concurso - 1104566

Concurso Prefeitura de Lavras Advogado 2012

Questão 20

IMAM Concursos Públicos

Nível Superior

Pampulha, em Belo Horizonte, desperta interesse de construtoras para empreendimentos imobiliários

O Ministério Público de Minas Gerais entrou com recurso contra a decisão do juiz Alyrio Ramos, da 3ª Vara da Fazenda Municipal de Belo Horizonte, que liberou a construção de dois hotéis na região da Pampulha para a Copa do Mundo de 2014. Belo Horizonte sediará jogos do mundial.

Pode ser relacionada à situação abordada pela reportagem, a opção:

  • A.

    Os empreendimentos são alvo de protestos de moradores que vislumbram, nessas construções, brechas dadas pela administração municipal para a preservação patrimonial da região como originalmente foi construída.

  • B.

    Os promotores do Patrimônio Cultural e da Habitação e Urbanismo requerem que o município implemente o licenciamento urbanístico dos empreendimentos e conceda alvará de construção para o início das obras.

  • C.

    Para o Ministério Público, as futuras construções não estão situadas na chamada Área de Hotéis Especiais (AHE) da Pampulha, regulamentada pela Lei 9.037/05, que impedia a construção de prédios.

  • D.

    A pressão popular contrária à construção dos hotéis fez com que a administradora Atlântica Hotels International, dona da marca Go Inn, desistisse da intenção de gerenciar um dos empreendimentos.