Questões de Concurso de Criação e Destruição de Moeda - Economia e Finanças

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1042580

Concurso AFAP Analista de Fomento - Área Economista 2018

Questão 27

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

A chamada “teoria quantitativa da moeda” preconiza que M.V=p.Y, ou seja, se tudo mais é constante,
  • A. quanto maior a velocidade de circulação da moeda (M), menor o volume monetário (V) necessário para girar a economia.
  • B. quanto maior a velocidade de circulação da moeda (V), menos agregado monetário (M) é necessário para girar a economia.
  • C. um aumento do nível de preços (p), compensado por um aumento no nível do produto (Y) resultará em uma redução na movimentação da economia (M).
  • D. um aumento do nível de preços (Y), compensado por um aumento no nível do produto (p), resultará em uma redução na movimentação da economia (V).
  • E. o nível de preços (p) e o nível de produto (Y) são grandezas diretamente proporcionais.

Questão de Concurso - 879192

Concurso MANAUSPREVI Analista Previdenciário - Área Economia 2015

Questão 35

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Segundo a teoria quantitativa da moeda,
  • A. a inflação é estritamente um problema monetário, isto é, de um excesso de moeda frente a uma oferta agregada de bens inelástica, a qual é determinada no lado real da economia e responde a fatores como produtividade do trabalho e da tecnologia de produção.a inflação é estritamente um problema monetário, isto é, de um excesso de moeda frente a uma oferta agregada de bens inelástica, a qual é determinada no lado real da economia e responde a fatores como produtividade do trabalho e da tecnologia de produção.
  • B. a velocidade de circulação da moeda é considerada, na versão básica desta teoria, a principal variável explicando a elevação dos preços.
  • C. a inflação, considerando a equação de trocas, pode ser causada por uma redução abrupta na produção, como uma seca que leva a uma escassez de bens agrícolas de primeira necessidade, mesmo que a quantidade de moeda seja reduzida proporcionalmente à queda do produto.
  • D. um aumento na produtividade da economia que aumente, de forma autônoma, o nível agregado de produção não pode causar uma queda do nível de preços, pois a teoria quantitativa sustenta que um aumento dessa natureza é automaticamente seguido por um aumento na quantidade de moeda.
  • E. a inflação pode ocorrer independentemente da quantidade de moeda existente na economia.

Questão de Concurso - 1060784

Concurso IFGO Economista 2019

Questão 31

Universidade Federal do Goiás (UFG)

Nível Superior

Considerando a linearidade entre as transações e o produto, pode-se representar a equação quantitativa da moeda pela expressão MV = PY. Sabe-se que M é a quantidade de moeda, V é a velocidade de circulação, P é o nível geral de preços e Y é o produto real. No inverso da velocidade de circulação 1/V, tem-se a constante k, que também é conhecida como coeficiente
  • A. marshalliano.
  • B. keynesiano.
  • C. kaleckiano.
  • D. hicksiano.

Questão de Concurso - 1106470

Concurso TJ PA Analista Judiciário - Área Economia 2014

Questão 44

Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível Superior

De acordo com a Teoria Quantitativa da Moeda, se houver crescimento do PIB real acompanhado de inflação, isso significa que

  • A.

    o PIB nominal caiu.

  • B.

    a velocidade-renda da moeda caiu.

  • C.

    houve queda na taxa de juros.

  • D.

    o crescimento dos meios de pagamento foi superior ao crescimento do PIB real.

  • E.

    a taxa de câmbio se valorizou.

Questão de Concurso - 736714

Concurso Desenvolve Economista 2014

Questão 45

Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível Superior

De acordo com a Teoria Quantitativa da Moeda, quando há um aumento no PIB real de 2% acompanhado de um aumento nos preços de 3%, devemos esperar que os meios de pagamento tenham crescido em, aproximadamente
  • A. 1%.
  • B. 2%.
  • C. 3%.
  • D. 5%.
  • E. 6%.

Questão de Concurso - 1018210

Concurso CEAGESP Analista I - Área Economia 2018

Questão 31

Instituto Águia

Nível Superior

Marcos gosta de acompanhar as notícias de economia. Ele verificou que no último relatório publicado o PIB nominal do Brasil era de R$ 600 bilhões. Ele também verificou que o saldo dos meios de pagamento era de R$ 200 bilhões. Com base nos números apresentados é correto afirmar que:
  • A. O saldo de estoque de moeda girou 3 vezes no período.
  • B. O saldo de estoque de moeda não girou nenhuma vez no período.
  • C. O saldo de estoque de moeda girou 0,33 vezes no período.
  • D. O saldo de estoque de moeda girou 0,66 vezes no período.

Questão de Concurso - 1004105

Concurso AGEPAR Especialista em Regulação - Àrea Economia 2018

Questão 42

Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da UEL (FAUEL)

Nível Superior

Com o modelo clássico e a Teoria Quantitativa da Moeda pode-se compreender elementos que envolvem a oferta agregada na economia, bem como os determinantes para a circulação de moeda. Logo, é possível afirmar que:
  • A. O aumento na oferta de moeda elevará o nível de emprego, bem como as taxas de inflação na economia.
  • B. Em uma economia com oferta de moeda fixa, um choque de oferta gera uma queda no nível de emprego.
  • C. O desemprego depende exclusivamente das condições da demanda agregada e dos níveis de preços.
  • D. A taxa de juros irá cair quanto maior for a propensão marginal a poupar, mas o investimento permanecerá inalterado.

Questão de Concurso - 685994

Concurso MPU Analista do MPU - Àrea de Atividade: Perícia - Especialidade: Economia 2013

Questão 82

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

Com base nos principais agregados monetários e nas principais teorias monetárias, julgue os itens subsecutivos.

A neutralidade da moeda, no curto e no longo prazo, constitui fundamento central da Teoria Quantitativa da Moeda (TQM).

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 561801

Concurso MPE AP Analista Ministerial - Área Economia 2012

Questão 40

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Considere:

I. Se uma economia estiver operando em um ponto sobre a curva LM, mas fora da curva IS, então o mercado monetário estará em equilíbrio e o mercado de bens em desequilíbrio.

II. Quando os mercados de bens e monetário estão em equilíbrio em uma economia fechada, não é possível alterar o nível da taxa de juros nominal, nem mesmo por intervenção dos formuladores de política econômica.

III. Se a curva LM de uma economia for perfeitamente inelástica à taxa de juros, então a essa economia pode ser aplicada a Teoria Quantitativa da Moeda.

IV. Para que o mercado monetário se encontre em equilíbrio, os agentes econômicos não devem demandar moeda pelo chamado “motivo especulação”.

Está correto o que se afirma APENAS em

  • A.

    I e IV.

  • B.

    II e III.

  • C.

    I e III.

  • D.

    II e IV.

  • E.

    III e IV.

Questão de Concurso - 478364

Concurso Metrô SP Analista Desenvolvimento Gestão Júnior - Área Economia 2011

Questão 48

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Segundo a teoria quantitativa da moeda,

  • A.

    a velocidade-renda da moeda é extremamente instável.

  • B.

    variações na quantidade de moeda em circulação não influenciam o nível geral de preços da economia.

  • C.

    em sua versão clássica, um aumento na quantidade de moeda em circulação em determinado percentual provocará a elevação do nível geral de preços na mesma porcentagem.

  • D.

    em sua versão clássica, reduções na quantidade da moeda em circulação ajudam a diminuir o desemprego involuntário na economia.

  • E.

    a frequência do período de pagamento de salários, seja mensal ou quinzenal, não tem qualquer influência no valor da velocidade-renda da moeda.