Questões de Concurso de Economia do Setor Público - Economia e Finanças

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 795059

Concurso TJ SC Analista Administrativo 2014

Questão 41

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Superior

A estrutura governamental brasileira se divide em União, Distrito Federal, Estados e Municípios, cada qual com capacidade de autolegislação, autorregulação e autoarrecadação. Contudo, no pacto federativo brasileiro, após a reforma fiscal de 1995, parte das receitas geradas pelos estados são centralizadas na União, que mantém a prerrogativa de formular políticas, fiscalizar sua implementação e redistribuí-las diretamente aos municípios, para que sejam aplicadas em políticas universalistas. Os objetivos da aplicação desse mecanismo de transferência de renda são:
  • A. aumentar a autonomia das unidades da federação, permitir a disputa entre elas e a articulação direta entre mercado e unidades, e reduzir os custos de aplicação de políticas universalistas;
  • B. reduzir a influência e a independência das unidades da federação, suavizar as disparidades entre estas e reduzir os custos de aplicação das políticas universalistas;
  • C. reduzir a interdependência das unidades da federação, suavizar as disparidades entre elas e manter os custos de aplicação das políticas universalistas;
  • D. aumentar a influência de governadores e políticos locais e aumentar as fontes de renda de unidades da federação com maior capacidade de arrecadação;
  • E. incentivar a disputa fiscal entre unidades da federação, fornecer igualdade de condições entre as diferentes regiões do país e fomentar a aplicação de políticas universalistas.

Questão de Concurso - 859191

Concurso TCE CE Analista de Controle Externo - Área Controle Externo/Auditoria 2015

Questão 30

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Sobre o Federalismo Fiscal, é correto afirmar:
  • A. Tal forma de organização fiscal não guarda qualquer relação, dentre outros fatores, com a extensão territorial e a heterogeneidade regional de um país.
  • B. O Federalismo Fiscal diz respeito à gestão federal da arrecadação tributária, já que esse nível de governo concentra toda a coleta no âmbito nacional.
  • C. No caso brasileiro, instituiu-se, desde a Constituição de 1988, um desequilíbrio a partir de uma concentração da arrecadação nos níveis estadual e municipal e um acúmulo de responsabilidades no plano federal.
  • D. Os problemas de política monetária devem ser cuidadosamente considerados, particularmente no Brasil, para evitar perdas fiscais para os governos municipais.
  • E. Há uma persistente tensão entre as definições de política fiscal tomadas no plano federal e as demandas locais que afetam as autoridades estaduais e municipais, como no caso da distribuição dos royalties do petróleo a ser extraído do Pré-Sal.

Questão de Concurso - 659232

Concurso ANTT Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres - Área Economia 2013

Questão 86

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

A respeito das mudanças e da evolução da economia brasileira, julgue os itens de 86 a 90.

A configuração do sistema tributário que emergiu da Constituição Federal de 1988 priorizou a descentralização e o fortalecimento da autonomia dos estados e municípios e a atenuação dos desequilíbrios regionais, do que resultaram a ampliação da competência tributária daqueles entes e o aumento das partilhas e transferências constitucionais dos impostos.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 1141491

Concurso Casan Economista 2015

Questão 44

Instituto AOCP

Nível Superior

Para angariar viabilidade econômica, um projeto que objetiva solicitar junto a um Banco de Desenvolvimento o financiamento para realizar melhorias na rede de saneamento básico em um dado município deve apresentar alguns elementos, EXCETO

  • A.

    demonstrar que envolve a tecnologia exigida pelo projeto e sua construção (aspectos técnicos de engenharia, meio-ambiente e responsabilidade social).

  • B.

    ter garantidos os insumos necessários e estimado com segurança o mercado consumidor (aspectos comerciais).

  • C.

    demonstrar que o projeto gera fluxo de caixa suficiente para cobrir seu custo de capital (aspectos financeiros).

  • D.

    certificar que a taxa interna de retorno do projeto é positiva (capacidade de pagamento e lucratividade).

  • E.

    certificar que o valor presente líquido esperado do projeto é positivo (capacidade de pagamento e lucratividade).

Questão de Concurso - 526819

Concurso MCTI Analista em Ciência - Área Gestão Administrativa 2012

Questão 97

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

No que se refere a Estado e bem-estar social, julgue os próximos itens.

O fato de a descentralização fiscal proporcionar maior autonomia local no que se refere à execução e fiscalização dos serviços públicos prestados é utilizado como argumento a favor de sua implementação.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 240259

Concurso INMETRO Analista Executivo em Metrologia - Área Economia Industrial 2007

Questão 89

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

O estudo da economia brasileira é importante para a compreensão da situação econômica atual. A respeito desse assunto, julgue os itens subseqüentes.

A renegociação da dívida dos governos subnacionais, que ocorreu no final da última década, sobrecarregou estados e municípios em razão das altas taxas de juros reais cobradas pelo governo federal sobre os novos contratos e provocou uma forte reação por parte dos dirigentes desses entes federativos.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 93634

Concurso SEPLOG MA Analista Ambiental - Área Economia 2006

Questão 26

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Fazem parte dos Fundos de Participação dos Estados e dos Municípios

  • A. Imposto de Renda e imposto sobre Operações Financeiras.
  • B. Imposto de Renda e Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira.
  • C. Imposto de Renda e imposto sobre Produtos Industrializados.
  • D. Imposto sobre Produtos Industrializados e imposto sobre Operações Financeiras.
  • E. Imposto sobre Produtos Industrializados e Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira.

Questão de Concurso - 164146

Concurso TRT 4 Analista Judiciário - Área Economia 2006

Questão 60

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

É correto afirmar:

  • A.

    A base de cálculo da contribuição para o PISPASEP é o valor do lucro real, ou do lucro presumido, ou do lucro arbitrado da sociedade.

  • B.

    O Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas é um imposto regressivo.

  • C.

    A Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) é um tributo não cumulativo.

  • D.

    O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) é um imposto proporcional, pois suas alíquotas são homogêneas para todos os produtos.

  • E.

    A Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) incide sobre importações de bens e serviços a uma alíquota de 7,6%.

Questão de Concurso - 668175

Concurso CLDF Consultor Legislativo - Área Finanças Públicas 2005

Questão 95

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

A ação do Estado tem sido crucial para garantir a produção eficiente e eqüitativa de bens públicos, bem como dos bens privados ofertados pelo setor público. Com relação à economia do setor público, particularmente, no que diz respeito às finanças públicas, julgue os itens a seguir.

O aumento das contribuições sociais permite aos estados e municípios angariar mais recursos para o financiamento dos bens públicos e semipúblicos, em razão de essas contribuições integrarem os repasses constitucionais para as referidas esferas de governo.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 7271

Concurso IPEA Assessor Especializado 2004

Questão 56

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Como é amplamente conhecido, entre os anos 1988 e 1996, surgiram mais de 1.300 novos municípios. Levando em consideração o seu conhecimento sobre o problema, o mecanismo fiscal que representou o maior incentivo à criação de pequenos municípios no Brasil foi

  • a.

    a regra que prevê a transferência de 22,5 do IPI e do IR para o FPM.

  • b.

    a regra de distribuição da quota estadual do FPM para os seus respectivos municípios.

  • c.

    a possibilidade de arrecadar impostos municipais como o IPTU e o ISS.

  • d.

    a regra de distribuição da quota-parte do ICMS para os municípios.

  • e.

    as transferências voluntárias do Governo Federal que beneficiam os municípios com menos de 5.000 habitantes.