Questões de Concurso de Posição para exames - Enfermagem

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1169620

Concurso UNIRIO Técnico em Enfermagem 2019

Questão 46

Fundação CESGRANRIO (CESGRANRIO)

Nível Médio

A equipe de enfermagem é responsável por iniciar, monitorar, manter e interromper a infusão intravenosa (IV) caso detecte alguma alteração.

Em relação a selecionar o sítio de inserção de uma terapia IV, deve-se privilegiar veias

  • A.

    menores e em sua porção proximal

  • B.

    esclerosadas e em áreas bem expostas

  • C.

    em local de articulações móveis

  • D.

    dos membros inferiores mais calibrosas

  • E.

    das mãos e do antebraço em sua porção distal

Questão de Concurso - 971041

Concurso SESAP Técnico em Enfermagem 2018

Questão 59

Comissão Permanente do Vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (COPERVE-UFRN)

Nível Médio

A terapia intravenosa predispõe o paciente a inúmeros perigos, inclusive complicações locais e sistêmicas. Uma das complicações sistêmicas da terapia intravenosa é a sobrecarga de líquidos que pode ocasionar a insuficiência cardíaca e o edema de pulmão. Ao detectar a manifestação sistêmica de sobrecarga de líquido, o técnico de enfermagem deverá posicionar o paciente em
  • A. decúbito lateral direito.
  • B. Fowler.
  • C. Trendelenburg.
  • D. Sims.

Questão de Concurso - 931881

Concurso UFES Técnico em Enfermagem 2017

Questão 50

Coordenação de Seleção e Admissão da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS)

Nível Médio

Sobre a infusão intravenosa periférica, um procedimento frequentemente utilizado em pacientes internados, é INCORRETO afirmar:
  • A. Sobre a infusão intravenosa periférica, um procedimento frequentemente utilizado em pacientes internados, é INCORRETO afirmar:
  • B. Os locais potenciais de contaminação de um dispositivo intravascular são: mãos da equipe de saúde, colonização da conexão do cateter, líquido contaminado, contaminação na inserção, microflora da pele do paciente e disseminação hematológica.
  • C. As flebites, infecções e sangramento no local da infusão intravenosa periférica, são complicações comuns da terapia intravenosa.
  • D. A presença de flebite é evidenciada por queda da velocidade e por edema, por palidez ou por temperatura reduzida no local da inserção da infusão intravenosa.
  • E. No caso de flebite, deve-se interromper a infusão e descontinuar a administração intravenosa, reiniciando-se, se necessário, a administração intravenosa em uma outra extremidade.

Questão de Concurso - 921415

Concurso FHS Assistente de Enfermagem II - Área Assistência na Área de Urgência 2008

Questão 76

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Médio

Julgue os itens seguintes, a respeito de terapia intravenosa e da técnica de venopunção periférica. Antes de fazer a punção, são passos importantes: checar a prescrição médica, lavar as mãos, preparar o material, avaliar o paciente e fazer o preparo psicológico.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 931497

Concurso FPH Assistente de Enfermagem II 2008

Questão 76

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Médio

Julgue os itens seguintes, a respeito de terapia intravenosa e da técnica de venopunção periférica. Antes de fazer a punção, são passos importantes: checar a prescrição médica, lavar as mãos, preparar o material, avaliar o paciente e fazer o preparo psicológico.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 195204

Concurso Auxiliar de Enfermagem 2008

Questão 23

Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível Fundamental

Em relação à aplicação de medicamentos por via parenteral, é correta a afirmação:

  • A.

    Na aplicação intradérmica não há necessidade de puxar o êmbolo da seringa para certificar-se de que algum vaso sangüíneo foi atingido.

  • B.

    Na aplicação subcutânea não há necessidade de puxar o êmbolo da seringa para certificar-se de que algum vaso sangüíneo foi atingido.

  • C.

    A via subcutânea é ideal para a administração de medicamentos irritantes e fármacos oleosos.

  • D.

    Em crianças menores de um ano recomenda-se a aplicação intramuscular no terço médio do músculo vasto lateral ou na região dorso-glútea.

  • E.

    Ao puncionar uma veia é necessário manter o bizel da agulha voltado para a pele do paciente.

Questão de Concurso - 491480

Concurso UFFS Enfermeiro 2011

Questão 35

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Em relação à venóclise, se o enfermeiro observar nas imediações do local da punção a presença de edema, calor, rubor e dor, ele estará identificando a ocorrência de:

  • A.

    embolia.

  • B.

    flebite.

  • C.

    choque anafilático.

  • D.

    choque periférico.

  • E.

    choque pirogênico.

Questão de Concurso - 229159

Concurso CD Técnico legislativo - Área Técnico em Enfermagem 2007

Questão 38

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Médio

Um cuidado a ser observado em relação a venóclise é

  • A.

    retirar o dispositivo de punção e providenciar outra via de acesso, na presença de sinais flogísticos.

  • B.

    trocar os acessos venosos periféricos em intervalos de 5 (cinco) dias e sempre que necessário.

  • C.

    duplicar a velocidade do gotejamento da solução, em caso de atraso de infusão.

  • D.

    puncionar, de preferência, veias de maior calibre decorrentes da dilatação inflamatória.

  • E.

    puncionar veias de fácil acesso e em local próximo das articulações.