Língua Portuguesa Morfossintaxe do período Emprego do sinal indicativo de crase

"Em 1916 o alemão Karl Schwarzschild sugeriu que um corpo muito denso poderia curvar o espaço- tempo de tal forma que nada escapasse à sua atração, nem mesmo a luz." Nessa passagem do texto, o sinal indicador da crase deve ser avaliado da seguinte maneira:

  • A.

    É optativo, pois a crase não se configura obrigatoriamente.

  • B.

    Decorre da regência nominal em que figura o substantivo 'atração'.

  • C.

    Mostra-se indispensável para que se preserve o sentido do verbo 'escapar'.

  • D.

    Visa eliminar a ambigüidade do texto, provocada pelo pronome possessivo.