Língua Portuguesa Interpretação de Texto Reescrita de frases e parágrafos do texto

Mais velho do que eu, não é de admirar que ele tresande um pouco. (2o parágrafo)

A frase acima ganha uma nova redação, em que se preservam sua correção e seu sentido básico, na seguinte versão:

  • A. A despeito de ser mais velho que eu, não é de se admirar seu mal funcionamento.
  • B. Tendo em vista de que seja mais velho que eu, não causaria espécie se ele desandasse.
  • C. À medida que seja mais velho do que eu mesmo, não se admire que ele funcione mau.
  • D. Sendo mais velho que eu, não espanta que não trabalhe sempre com regularidade.
  • E. Pelo fato de ser mais velho do que eu ninguém se admira se ele vir a desandar.