Questões de Concurso de Substantivos - Língua Portuguesa

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1131554

Concurso CM - Fortaleza Consultor Técnico Legislativo 2019

Questão 5

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Em e menos ainda o inexplicável de alguns casos. (1º parágrafo) e Um, por exemplo, um rapaz bronco e vilão, (1º parágrafo), os termos sublinhados constituem

  • A.

    advérbio e adjetivo, respectivamente.

  • B.

    substantivo e adjetivo, respectivamente.

  • C.

    substantivos.

  • D.

    adjetivos.

  • E.

    adjetivo e substantivo, respectivamente.

Questão de Concurso - 892631

Concurso IBGE Agente Censitário - Área Municipal 2017

Questão 3

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Médio

No texto 2 há um conjunto de verbos no infinitivo; se substituirmos essas formas verbais por substantivos correspondentes, a única frase INCORRETA será:
  • A. “Imagine reunir um grupo” / imagine a reunião de um grupo;
  • B. “para estudar” / para o estudo;
  • C. “treinar visões” / treino de visões;
  • D. “uma forma de estar na vida” / uma forma de estada na vida;
  • E. “uma possibilidade de mudar” / uma possibilidade de mutação.

Questão de Concurso - 960548

Concurso SEFAZ Auditor do Estado 2017

Questão 88

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

O vocábulo “toponímia” (l.12) refere-se, no texto 1A9BBB, ao conjunto de
  • A. nomes próprios de lugares.
  • B. gírias e jargões.
  • C. textos históricos.
  • D. acidentes geográficos.
  • E. expressões de uso geral.

Questão de Concurso - 851521

Concurso SEDF Professor de Educação Básica - Área Administração 2016

Questão 13

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

No que se refere ao texto precedente, julgue os itens a seguir.

Na linha 5, a palavra “último” foi empregada com valor de substantivo.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 1207788

Concurso CRMV Serviços Gerais 2019

Questão 5

Instituto Quadrix

Nível Fundamental


Com relação a aspectos linguísticos e gramaticais do texto, julgue os itens de 1 a 10.

Em “No mundo aquático” (linha 13), há dois substantivos: “mundo” e “aquático”.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 1190467

Concurso TJ/RS Oficial de Justiça 2019

Questão 10

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Médio

Atribuições do oficial de justiça: “Cumprir mandados judiciais; preparar salas com livros e materiais necessários ao funcionamento das sessões de julgamento; buscar, na Secretaria e nos Gabinetes, os processos de cada Relator, separando-os e ordenando-os, colhendo assinaturas, quando for o caso; atender e dar informações aos advogados, partes e estagiários presentes na sessão, anotando os pedidos de preferência pela ordem de chegada dos interessados; auxiliar na manutenção da ordem e efetuar prisões, quando determinado; auxiliar o Secretário de Câmara, quando solicitado o auxílio; cumprir as demais atribuições previstas em lei ou regulamento”. 


Em cada opção a seguir foi destacado um substantivo do texto acima; a opção em que o adjetivo referente ao substantivo destacado está INCORRETO é:

  • A.

    livros e materiais / necessários;

  • B.

    advogados, partes e estagiários / presentes;

  • C.

    pedidos / interessados;

  • D.

    auxílio / solicitado;

  • E.

    atribuições / previstas.

Questão de Concurso - 774313

Concurso MPU Técnico do MPU - Área de Atividade: Apoio Técnico Administrativo - Especialidade: Segurança Institucional 2015

Questão 10

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Médio

A respeito das ideias e das estruturas linguísticas do texto II, julgue os itens subsequentes.

Altera-se totalmente a informação original do período ao se substituir a palavra “Corroborando” (l.16) por Confirmando.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 1031528

Concurso CAU Analista de Fiscalização - Área Arquiteto 2018

Questão 2

Instituto Americano de desenvolvimento (IADES)

Nível Superior

No que se refere ao primeiro parágrafo do texto, e considerando o emprego contextual das palavras, assinale a alternativa que apresenta apenas substantivos.
  • A. “sociedade” (linha 1); “tema” (linha 2); “estreia” (linha 5).
  • B. "importância” (linha 2); “comemorativa” (linha 3); “vida” (linha 5).
  • C. “brasileira” (linha 1); “diferença” (linha 5); “mais” (linha 5).
  • D. “toda” (linha 1); “colocação” (linha 6); “campanha” (linha 7).
  • E. “arquiteto” (linha 2); “dezembro” (linha 4); “feliz” (linha 5).

Questão de Concurso - 1122843

Concurso Agente Administrativo 2019

Questão 17

Centro de Extensão, Treinamento e Aperfeiçoamento Profissional Ltda (CETAP)

Nível Médio

Marque a alternativa em que a palavra apresenta plural metafônico:

  • A.

    ninho.

  • B.

    ovo.

  • C.

    rolinha.

  • D.

    anfitrião.

Questão de Concurso - 1210927

Concurso Metrô Analista Desenvolvimento Gestão Júnior - Área Administração de Empresas 2019

Questão 14

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Atenção: Considere o texto abaixo para responder às questões de números 11 a 15.

    Para ele, o fim do ano era sempre uma época dura, difícil de suportar. Sofria daquele tipo de tristeza mórbida que acomete algumas pessoas nos festejos de Natal e de Ano-Novo. No seu caso havia uma razão óbvia para isso: aos setenta anos, solteirão, sem parentes, sem amigos, não tinha com quem celebrar, ninguém o convidava para festa alguma. O jeito era tomar um porre, e era o que fazia, mas o resultado era melancólico: além da solidão, tinha de suportar a ressaca.

     No passado, convivera muito tempo com a mãe. Filho único, sentia-se obrigado a cuidar da velhinha que cedo enviuvara. Não se tratava de tarefa fácil: como ele, a mãe era uma mulher amargurada. Contra a sua vontade, tinha casado, em 31 de dezembro de 1914 (o ano em que começou a Grande Guerra, como ela fazia questão de lembrar) com um homem de quem não gostava, mas que pais e familiares achavam um bom partido. Resultado desse matrimônio: um filho e longos anos de sofrimento e frustração. O filho tinha de ouvir suas constantes e ressentidas queixas. Coisa que suportava estoicamente; não deixou, contudo, de sentir certo alívio quando de seu falecimento, em 1984. Este alívio resultou em culpa, uma culpa que retornava a cada Natal. Porque a mãe falecera exatamente na noite de Natal. Na véspera, no hospital, ela lhe fizera uma confissão surpreendente: muito jovem, apaixonara-se por um primo, que acabou se transformando no grande amor de sua vida. Mas a família do primo mudara-se, e ela nunca mais tivera notícias dele. Nunca recebera uma carta, uma mensagem, nada. Nem ao menos um cartão de Natal.

   No dia 24 pela manhã ele encontrou um envelope na carta do correio. Como em geral não recebia correspondência alguma, foi com alguma estranheza que abriu o envelope.

   Era um cartão de Natal, e tinha a falecida mãe como destinatária. Um velhíssimo cartão, uma coisa muito antiga, amarelada pelo tempo. De um lado, um desenho do Papai Noel sorrindo para uma menina. Do outro lado, a data: 23 de dezembro de 1914. E uma única frase: “Eu te amo.”

   A assinatura era ilegível, mas ele sabia quem era o remetente: o primo, claro. O primo por quem a mãe se apaixonara, e que, por meio daquele cartão, quisera associar o Natal a uma mensagem de amor. Uma nova vida, era o que estava prometendo. Esta mensagem e esta promessa jamais tinham chegado a seu destino. Mas de algum modo o recado chegara a ele. Por quê? Que secreto desígnio haveria atrás daquilo?

  Cartão na mão, aproximou-se da janela. Ali, parada sob o poste de iluminação, estava uma mulher já madura, modestamente vestida, uma mulher ainda bonita. Uma desconhecida, claro, mas o que importava? Seguramente o destino a trouxera ali, assim como trouxera o cartão de Natal. Num impulso, abriu a porta do apartamento e, sempre segurando o cartão, correu para fora. Tinha uma mensagem para entregar àquela mulher. Uma mensagem que poderia transformar a vida de ambos, e que era, por isso, um verdadeiro presente de Natal.

(SCLIAR, Moacyr. Mensagem de Natal. Porto Alegre: L&PM, 2018, p. 26-28)

O substantivo está posposto ao termo que o qualifica na expressão sublinhada em:

  • A.

    Sofria daquele tipo de tristeza mórbida (1o parágrafo)

  • B.

    Para ele, o fim do ano era sempre uma época dura (1o parágrafo)

  • C.

    Que secreto desígnio haveria atrás daquilo (5o parágrafo)

  • D.

    No seu caso havia uma razão óbvia para isso (1o parágrafo)

  • E.

    como ele, a mãe era uma mulher amargurada (2o parágrafo)