Questões de Concurso de Morfologia - Língua Portuguesa

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1038834

Concurso PRF Policial Rodoviário Federal 2018

Questão 12

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

Julgue os seguintes itens, a respeito das ideias e das construções linguísticas do texto apresentado.

A locução “em razão de” (ℓ.9) expressa uma ideia de causa.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 1131565

Concurso CM - Fortaleza Consultor Técnico Legislativo 2019

Questão 10

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

- Tanto a precipitar-me se encaminha, (3a estrofe)

Se me faltasse a mim o entendimento, (4a estrofe)


Os termos sublinhados constituem


  • A.

    pronome e conjunção, respectivamente.

  • B.

    conjunções.

  • C.

    conjunção e pronome, respectivamente.

  • D.

    partícula expletiva e conjunção, respectivamente.

  • E.

    pronomes.

Questão de Concurso - 1193135

Concurso EBSERH Assistente Administrativo 2019

Questão 9

Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC)

Nível Médio

Considerando a Gramática Normativa da Língua Portuguesa, leia o texto abaixo para responder às questões de 7 a 9.


Planos de saúde


A saúde dos usuários do SUS está na UTI e a ANS (Agência Nacional de Saúde), que controla o índice anual do aumento dos planos de saúde particulares, tem contribuído com o caos. Nos últimos cinco anos, os planos aumentaram 75%. Com o reajuste previsto de 2018, o acréscimo promete alcançar quase 100%, em relação a 2013. Os usuários dos planos particulares os têm abandonado for falta de recursos, e assim aumentam as filas do SUS. Quem controla a ANS nas autorizações dos aumentos? Em que índices ela se baseia?

http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/geral/cidades/noticia/2018/05/opiniao -confira-as-cartas-dos-leitores-desta-quarta-feira-10352624.html


Analise as afirmativas abaixo e dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).


( ) O sujeito da forma verbal ''tem contribuído'' é o termo ''índice anual''.

( ) A palavra em destaque no trecho ''Os usuários dos planos particulares os têm abandonado'' é um pronome que retoma semanticamente o termo ''os usuários''.

( ) No trecho ''Os usuários dos planos particulares os têm abandonado'', o sujeito do verbo ''ter'' é a expressão ''planos particulares''.

( ) O verbo ''aumentar'' no trecho ''aumentam as filas do SUS'' é classificado como Transitivo Direto.

( ) A palavra destacada no trecho ''Em que índices ela se baseia?'' é, morfologicamente, um pronome relativo.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.


  • A.

    V, V, F, F, F.

  • B.

    F, F, F, V, V.

  • C.

    F, F, V, V, F.

  • D.

    F, V, V, V, F.

  • E.

    V, F, V, F, V.

Questão de Concurso - 957625

Concurso STM Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade: Revisão de Texto 2017

Questão 109

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

Em relação às estruturas linguísticas e às ideias do texto 6A4AAA e aos múltiplos aspectos a ele relacionados, julgue os itens seguintes.

A palavra “o” recebe a mesma classificação nos trechos “o do erro de revisão” (l. 1 e 2) e em “Pode-se imaginar o que” (l.11).
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 1120837

Concurso TJ/CE Técnico Judiciário - Área Judiciária 2019

Questão 4

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Médio

O vocábulo “maior” se refere prioritariamente a realidades que tenham uma extensão física; nesse caso, a frase abaixo em que esse vocábulo foi bem empregado é:

  • A.

    Para maiores informações, leia o Código Penal;

  • B.

    Um dos maiores freios aos delitos não é a crueldade das penas;

  • C.

    Não é a intensidade da pena, mas sua extensão, que traz os maiores resultados;

  • D.

    A maior punição de um crime não provém da lei;

  • E. Já está lotada a maior prisão do país.

Questão de Concurso - 1175705

Concurso Guarda Civil 2019

Questão 10

(SELECON)

Nível Médio

Leia o texto a seguir para responder às questões de 1 a 15.


Texto I


Direito humano à alimentação adequada e soberania alimentar


          O direito humano à alimentação adequada está contemplado no artigo 25 da Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948 e sua definição foi ampliada em outros dispositivos do Direito Internacional, como o artigo 11 do Pacto de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais e o Comentário Geral nº 12 da ONU. No Brasil, resultante de amplo processo de mobilização social, em 2010 foi aprovada a Emenda Constitucional nº 64, que inclui a alimentação no artigo 6º da Constituição Federal. No entanto, isso não necessariamente significa a garantia da realização desse direito na prática, o que permanece como um desafio a ser enfrentado.

          O direito humano à alimentação adequada consiste no acesso físico e econômico de todas as pessoas aos alimentos e aos recursos, como emprego ou terra, para garantir esse acesso de modo contínuo. Esse direito inclui a água e as diversas formas de acesso à água na sua compreensão e realização. Ao afirmar que a alimentação deve ser adequada, entende-se que ela seja adequada ao contexto e às condições culturais, sociais, econômicas, climáticas e ecológicas de cada pessoa, etnia, cultura ou grupo social.

          Para garantir a realização do direito humano à alimentação adequada, o Estado brasileiro tem as obrigações de respeitar, proteger, promover e prover a alimentação da população. Por sua vez, a população tem o direito de exigir que eles sejam cumpridos, por meio de mecanismos de exigibilidade. Exigibilidade é o empoderamento dos titulares de direitos para exigir o cumprimento dos preceitos consagrados nas leis internacionais e nacionais referentes ao direito humano à alimentação adequada no âmbito dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, nas esferas federal, estaduais e municipais. Esses meios de exigibilidade podem ser administrativos, políticos, quase judiciais e judiciais.

          Durante várias décadas, por influência dos países centrais, o Brasil e outros países em desenvolvimento procuraram responder ao problema da fome com a introdução da chamada revolução verde, que foi uma espécie de campanha de modernização da agricultura mediante a introdução de um pacote tecnológico baseado no uso intensivo de máquinas, fertilizantes químicos e agrotóxicos para aumentar a produção e, consequentemente, a humanidade acabaria com a fome. Introduziu-se, assim, um modelo agroexportador centrado nas monoculturas, que favoreceu a concentração das empresas, cada vez mais internacionalizadas, de modo que atualmente 30 conglomerados transnacionais controlam a maior parte da produção, da industrialização e do comércio agroalimentar no mundo, violando a soberania alimentar.

          Muitos países, regiões e municípios, também dentro do Estado brasileiro, vivem sem soberania alimentar e outros tantos vivem com sua soberania alimentar ameaçada pelos fatores supramencionados. Nesse contexto, a soberania alimentar significa o direito dos países definirem suas próprias políticas e estratégias de produção, distribuição e consumo de alimentos que garantam a alimentação para a população, respeitando as múltiplas características culturais dos povos em suas regiões.

          Entre os desafios para a garantia do direito humano à alimentação adequada e da soberania e segurança alimentar e nutricional no Semiárido, encontram-se: a necessidade de respeitar a diversidade cultural e as formas de organização e produção, de modo que as comunidades tenham sua autonomia para produzir e consumir seus alimentos; e a importância de avançar na realização da reforma agrária , na regularização fundiária e no reconhecimento dos territórios para que os povos tenham maior autonomia para produzir seus alimentos.

Irio Luiz Conti

(integra o Consea Nacional e é membro da Fian Internacional.) (Disponível em: http://www4.planalto.gov.br/consea/comunicacao/ artigos/2014/direito-humano-a-alimentacao-adequada-esoberania- alimentar)


Em “controlam a maior parte da produção, da industrialização e do comércio agroalimentar no mundo”, a expressão destacada está corretamente substituída por um pronome oblíquo em:

  • A.

    controlam-lhe

  • B.

    controlam-na

  • C.

    controlam-la

  • D.

    controlam-a

Questão de Concurso - 1190411

Concurso TRE/PA Técnico Judiciário - Área Administrativa 2019

Questão 3

Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC)

Nível Médio

Leia atentamente o texto abaixo para responder às questões de 1 a 7.


Projeto brasileiro pretende mapear genoma de 15 mil pessoas para prever e tratar doenças

Por Filipe Domingues, G1/ 10/12/2019 12h00


          Um projeto liderado por uma cientista brasileira vai identificar as principais características genéticas dos brasileiros para prever doenças e antecipar tratamentos. Lançada nesta terça-feira (10), em São Paulo, a iniciativa "DNA do Brasil" quer mapear o genoma de 15 mil pessoas de 35 a 74 anos de idade e se tornar o maior levantamento do tipo já realizado no país. A ideia é que em cinco anos já se tenham os primeiros resultados. "O desafio é entender quais variações genéticas estão associadas a quais características das pessoas", disse a pesquisadora Lygia da Veiga Pereira, da Universidade de São Paulo (USP), na abertura do projeto. "Nós somos o resultado do nosso genoma mais o nosso estilo de vida. O genoma é a receita do nosso corpo."

           Além da geneticista, estão envolvidos na parceria o Ministério da Saúde que oferecerá dados epidemiológicos da população brasileira por meio do projeto ELSA Brasil; organizações privadas como a Dasa, empresa da área de saúde, que financiará e realizará o sequenciamento das primeiras 3 mil amostras; a Illumina que vai fornecer os insumos e a Google Cloud que fará o armazenamento e proteção dos dados. As descobertas que os cientistas fizerem poderão ser traduzidas em inovações tanto na área de pesquisa genética quanto nos diagnósticos e tratamentos de doenças como o câncer, a hipertensão, o diabetes, depressão, esquizofrenia e algumas doenças raras. Ao descobrir que determinada proteína presente no corpo de uma pessoa permite manter o colesterol baixo, é possível "editar" o DNA do paciente para imitar o comportamento deste elemento. [...]

           O diretor médico da Dasa, Gustavo Campana, lembrou que 80% das 8 mil doenças consideradas raras têm origem genética. Já os cânceres hereditários são de 5 a 12% dos casos. Portanto, além da previsão de tais doenças, o mapeamento dos genes e sua associação com as características da população brasileira podem permitir avanços em "terapêutica gênica", ou seja, métodos de tratamento que atuam diretamente nos genes - o mais famoso deles é o CRISPR, a técnica de edição do DNA. "Esse projeto é um marco da genética populacional no Brasil," disse Campana.[...]


Observe o enunciado a seguir: ''Além da geneticista, estão envolvidos na parceria o Ministério da Saúde que oferecerá dados epidemiológicos da população brasileira por meio do projeto ELSA Brasil''. Sobre a classificação das palavras em destaque, assinale a alternativa incorreta.

  • A.

    O vocábulo ''Além da'' é classificado gramaticalmente como locução prepositiva.

  • B.

    O vocábulo ''por'' é classificado gramaticalmente como conjunção subordinativa adverbial.

  • C.

    O vocábulo ''na'' é classificado gramaticalmente como preposição formada pela contração da preposição ''em'' com o artigo ''a''.

  • D.

    O vocábulo ''oferecerá'' é classificado gramaticalmente como verbo.

Questão de Concurso - 1095326

Concurso Professor Educação Infantil ao 5º ano 2019

Questão 31

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Superior

Com relação às funções da linguagem, analise as afirmativas a seguir.

I. Denotativa: transmite uma informação objetiva, expõe dados da realidade. Geralmente apresenta-se na terceira pessoa do singular ou plural, pois transmite impessoalidade.

II. Expressiva: a realidade é transmitida sob o ponto de vista do emissor; a mensagem é subjetiva e centrada no emitente, e apresenta-se na primeira pessoa. A pontuação (ponto de exclamação, interrogação e reticências) é uma característica da função expressiva.

III. Fática: o objetivo do emissor é expressar seus sentimentos através de textos, que podem ser enfatizados por meio das formas das palavras, da sonoridade, do ritmo, além de elaborar novas possibilidades de combinações dos signos linguísticos.

Está correto o que se afirma em

  • A. I, somente.
  • B. II, somente.
  • C. I e II, somente.
  • D. II e III, somente.
  • E. I, II e III.

Questão de Concurso - 1035302

Concurso UERGS Analista Técnico - Área Tradutor de Libras 2018

Questão 10

FUNDATEC Processos Seletivos (FUNDATEC)

Nível Superior

Assinale a alternativa em que a palavra que é de uma classe gramatical diferente das demais ocorrências.
  • A. que não tiveram oportunidade (l.11).
  • B. que querem ser professores (l.16).
  • C. que só concluíram (l.18).
  • D. que era essa a carreira (l.25).
  • E. que o ajudou (l.28).

Questão de Concurso - 1105548

Concurso CAU Agente de Fiscalização 2019

Questão 9

Instituto Americano de desenvolvimento (IADES)

Nível Superior

 


Tendo como referência a norma-padrão e as questões gramaticais que envolvem o texto, assinale a alternativa correta.

  • A.

    Considerando a colocação pronominal, um início correto para o texto seria o seguinte: Me parece que, para algumas pessoas, a palavra ‘sustentabilidade foi banalizada.

  • B. No lugar do trecho “a palavra ‘sustentabilidade’ foi banalizada” (linhas 1 e 2), poderia ser empregada corretamente a redação banalizaram-se a palavra “sustentabilidade”, caso a autora quisesse ressaltar a relação entre o verbo banalizar e o sujeito “algumas pessoas” (linha 1).
  • C.

    A autora, do ponto de vista da concordância, poderia substituir corretamente a forma verbal “hᔠ(linha 6) pela equivalente existe.

  • D.

    A redação que se faz necessária poderia ser empregada corretamente logo após o termo “Outra medida” (linha 14), pois tanto a concordância do adjetivo necessária quanto a colocação do pronome se estão corretas.

  • E.

    A construção as quais poderia substituir corretamente o vocábulo sublinhado na oração “que permitam” (linha 16), pois a concordância com o termo antecedente seria mantida.