Língua Portuguesa Morfossintaxe do período Termos essenciais da oração

Ao se analisar a frase “Não é nordestino, mas, ao ser contrariado, o brasiliense imediatamente dispara um ‘ôxe’.” (linhas 2 e 3), é correto afirmar que
  • A. o sujeito do verbo “é” é inexistente.
  • B. o sujeito referente a “ser contrariado” é simples e está alocado de acordo com a ordem direta da oração.
  • C. as expressões verbais “é”, “ser contrariado” e “dispara” possuem o mesmo sujeito.
  • D. a expressão “ôxe” está entre parênteses por ser um neologismo muito conhecido no Brasil.
  • E. o sujeito da oração “Não é nordestino (...)” pode ser recuperado na primeira oração do texto.