Língua Portuguesa Morfossintaxe do período

Mas, na sua lancinante simetria, o modelo adotado tem propriedades estéticas que sugerem um arranjo divino. (L.23-25)

Assinale a alternativa em que, alterando-se a oração grifada no trecho acima, não foi mantida adequação à norma culta da língua.

  • A.

    a que nos referimos como um arranjo divino

  • B.

    a que aludimos como um arranjo divino

  • C.

    que nos lembramos como um arranjo divino

  • D.

    que lembram um arranjo divino

  • E.

    de que falamos como um arranjo divino