Língua Portuguesa Morfossintaxe do período

A propósito dos aspectos morfossintáticos de “É legal ter pai” (título), é correto afirmar que

  • A.

    “É”, especificamente nesse caso, funciona como verbo transitivo direto.

  • B.

    o sujeito referente a “É” classifica-se como oculto ou desinencial.

  • C.

    o período é constituído por uma oração principal e uma oração sem sujeito.

  • D.

    o predicado “ter pai” é verbo-nominal, pois indica, ao mesmo tempo, ideia de ação e estado.

  • E.

    “ter pai” desempenha o papel de sujeito da oração anterior.