Pedagogia Temas Educacionais Pedagógicos Construção do conhecimento

Em 1906, morando numa casa em rua de terra, com luz de lampião, fogão a lenha e água de poço, um menino fica sabendo pelo seu pai que um compatriota, chamado Santos Dumont, havia, em Paris, acabado de voar num artefato mais pesado que o ar, o XIV Bis. Nessa ocasião, a França era considerada uma potência mundial. Sessenta e três anos depois, ou seja, em 1963, esse mesmo cidadão, agora com 70 anos, morando numa casa com iluminação elétrica, dotada de ar condicionado, geladeira, telefone, fogão a gás, água encanada, assistiu, através de um aparelho de televisão, o astronauta norte-americano Armstrong descer na Lua. Nessa ocasião, os EUA firmavam a sua posição de superpotência mundial, ancorados numa ampla hegemonia científica e tecnológica. (EDU.TEC - Revista Científica Digital da Faetec – Ano I – v.01 – nº.01 – 2008 – ISSN: 0000-000). 


Considerando-se o contexto apresentado e supondo-se que esse cidadão subitamente voltasse a viver na atualidade, presenciaria, exceto

  • 1.

    um mundo em constante mutação, graças aos avanços da ciência e da tecnologia.

  • 2.

    empresas mais competitivas, acompanhando a escada da evolução científica e tecnológica.

  • 3.

    avanços tecnológicos e científicos que ultrapassam as mudanças que aconteceram em todo século XX.

  • 4.

    um acúmulo de conhecimentos científicos descartáveis, veiculados nas redes sociais.

  • 5.

    um descompasso entre o mundo do trabalho e a preparação da mão de obra qualificada, para acompanhar os avanços tecnológicos.