Pedagogia Currículo (Teoria e Prática)

Segundo a Política de Educação Especial de Santa Catarina, a Educação Especial deve ser entendida como:

  • A.

    Processo multidisciplinar que se ocupa com excelência do atendimento e da educação de pessoas com deficiência em instituições especializadas, tais como escola para surdos, escola para cegos ou escolas para atender pessoas com deficiência mental.

  • B.

    Processo interdisciplinar que visa à prevenção, ao ensino e à reabilitação da pessoa com deficiência, condutas típicas e altas habilidades, objetivando sua inclusão mediante a utilização de recursos pedagógicos e tecnológicos específicos.

  • C.

    Processo evolutivo-comportamental definido por uma proposta pedagógica que assegure recursos e serviços educacionais especializados que visam garantir e promover as potencialidades dos alunos que apresentam NEE (Necessidades Educacionais Especiais) em educação básica.

  • D.

    Processo neuro-psicopedagógico adaptado às diferenças individuais, permitindo ações integradas entre a Educação Especial e o Ensino Regular, possibilitando a detecção e o acompanhamento das exigências escolares.

  • E.

    Processo que tem o objetivo de restaurar o direito à educação, negado a jovens e adultos, oferecendo a eles igualdade de oportunidades para a entrada e permanência no mercado de trabalho e qualificação para uma educação permanente.