Questões de Concurso de Educação Especial - Leis, decretos, portarias e resoluções - Pedagogia

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1123722

Concurso SEDF Professor Substituto - Área Atividades 2018

Questão 92

Instituto Quadrix (Quadrix )

Nível Superior

O público-alvo do atendimento educacional especializado é composto pelos estudantes com deficiência, transtorno global do desenvolvimento e transtornos funcionais específicos.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 1138293

Concurso SME Coordenador Pedagógico 2019

Questão 41

Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível Superior

De acordo com Lacerda, Albres e Drago (2013), a criação de escolas de educação bilíngue para surdos (EMEBS) e de polos de atendimento inclusivo e bilíngue no sistema municipal de ensino, pelo Decreto no 52.785/2011, tornou necessária também a criação de cargos e funções que não figuravam no quadro funcional do município, dentre os quais consta o de instrutor de Libras. “A SME/SP indica que a função de instrutor de Libras será preferencialmente destinada aos profissionais surdos, visto que eles são modelo linguístico e de identidade surda, fomentam o uso da Libras em todos os espaços da escola e, por constituírem- se como surdos e por suas trajetórias de vidas, têm condições experienciais e linguísticas de contribuir, de forma ímpar, para a construção de uma didática bilíngue.” De acordo com a legislação analisada pelas autoras, “o instrutor surdo será responsável por realizar atividades de formação em Libras para a comunidade escolar, incluindo aí os pais e familiares dos alunos surdos e ouvintes das turmas em que há alunos surdos incluídos. Deve ter certificado de proficiência na língua de sinais, sendo dele exigida formação mínima em nível

  • A.

    fundamental.

  • B.

    médio.

  • C.

    de especialização.

  • D.

    de mestrado.

  • E.

    superior.

Questão de Concurso - 1084067

Concurso

Questão 24

Nível

Nessa semana, uma escola da rede municipal de São Paulo recebeu a matrícula de uma estudante diagnosticada com um Transtorno Global do Desenvolvimento. Na referida unidade escolar, de acordo com a legislação municipal, a estudante deverá ser atendida

  • A.

    por um trabalho específico dos professores responsáveis pelo Atendimento Educacional Especializado - AEE.

  • B.

    pelos coordenadores pedagógicos.

  • C.

    pelos professores especializados.

  • D.

    por um trabalho desenvolvido pelos funcionários do sistema de saúde.

  • E.

    por um trabalho articulado entre todos os educadores da UE e os professores responsáveis pelo Atendimento Educacional Especializado - AEE.

Questão de Concurso - 1141978

Concurso Professor de Educação Básica - Área: Educação Infantil 2019

Questão 24

Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível Superior

Leia o depoimento a seguir: “Sou mãe de uma menina com 5 anos, diagnosticada com autismo. Mudamos de bairro e procurei a escola de Educação Infantil mais próxima para realizar sua transferência. Fui muito bem atendida e orientada na secretaria da escola, assim combinamos que, antes de começarem as aulas, levaria minha filha para conhecer a nova escola.

Para minha surpresa, quando cheguei na escola com minha filha, o tratamento mudou, negaram que tinham condições de recebê-la como aluna e não tentaram nenhum contato com ela. Fiquei muito chateada, decepcionada e, quando ganhei forças, questionei o motivo de mudança de postura da escola. Explicaram que minha filha era muito grande para 5 anos, que causaria problemas na turma, mas que não era um problema do diagnóstico e até me indicaram uma escola só para autistas no próprio bairro.”

Com base nas contribuições do documento Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da educação inclusiva, assinale a alternativa correta que apresenta ponderação a ser apresentada à mãe na busca da escola para a filha com TEA (Transtorno do Espectro Autista).

  • A.

    A matrícula de aluno com necessidades educacionais especiais na escola deve atender ao pré-requisito essencial: laudo de médico descritivo do quadro da criança.

  • B.

    A ausência de contato na escola com a criança revela respeito, pois toda pessoa com TEA apresenta dificuldade de contato físico, de concentração, com sons altos e outros.

  • C.

    A escola deve se organizar para o atendimento de todos os educandos com necessidades educacionais especiais e assegurar a qualidade da educação.

  • D.

    A escola necessita de um tempo para oferecer as condições de atendimento ao aluno com TEA, o que tem se tornado um problema com a má-formação dos professores.

  • E.

    O atendimento educacional de alunos com TEA, quando realizado de forma mais isolada, impulsiona o desenvolvimento e permite o ingresso na sala comum.

Questão de Concurso - 1199254

Concurso Professor Auxiliar - Área: Educação Especial 2019

Questão 39

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Nas Diretrizes da Política Nacional de Educação Especial (MEC/SECADI), em todas as etapas e modalidades da educação básica, o atendimento educacional especializado é organizado para apoiar o desenvolvimento dos estudantes, constituindo:

  • A. serviço paralelo de apoio familiar.
  • B. outras atividades de escolarização.
  • C. divulgação obrigatória da instituição.
  • D. oferta sazonal nos sistemas educacionais.
  • E. oferta obrigatória dos sistemas de ensino.

Questão de Concurso - 1199255

Concurso Professor Auxiliar - Área: Educação Especial 2019

Questão 40

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Os Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD) são distúrbios nas interações sociais recíprocas que costumam manifestar-se nos primeiros cinco anos de vida.

O TGD pode englobar, por exemplo:

  • A. Hemofilia.
  • B. Albinismo.
  • C. Psicoses infantil.
  • D. Síndrome de Aase.
  • E. Síndrome de Moebius.

Questão de Concurso - 1199256

Concurso Professor Auxiliar - Área: Educação Especial 2019

Questão 36

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

A abordagem com os surdos em sua escolarização, no escopo da educação especial, tem como marca de diferença o aspecto:

  • A. Tátil.
  • B. Cerebral.
  • C. Linguístico.
  • D. Psicológico.
  • E. Intelectual.

Questão de Concurso - 1200253

Concurso Professor - Área: Educação Especial 2019

Questão 23

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Sala de recursos multifuncionais é uma nomenclatura usada pela:

  • A. Política Nacional de Surdos.
  • B. Lei Nacional sobre Diversidade.
  • C. Política Nacional de Educação Regular.
  • D. Política Nacional de Educação Especial.
  • E. Rede Municipal de Ensino de Florianópolis.

Questão de Concurso - 1200261

Concurso Professor - Área: Educação Especial 2019

Questão 28

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

A menção do conceito de “necessidades educacionais especiais” passa a ser amplamente disseminado:

  • A. na Declaração de Milão.
  • B. na Declaração de Salamanca.
  • C. no Plano de Diversidade Nacional.
  • D. no Conselho para as Diferenças.
  • E. no Congresso de Guatemala.

Questão de Concurso - 1200277

Concurso Professor - Área: Educação Especial 2019

Questão 34

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Práticas que enfatizavam os aspectos relacionados à deficiência, em contraposição à sua dimensão pedagógica, são resultados de um pensamento de educação especial organizado de forma:

  • A. paralela à educação comum.
  • B. alternativa à educação mista.
  • C. Inovadora à educação formal.
  • D. consecutiva à educação inclusiva.
  • E. opcional à educação integradora.