Pedagogia História da Educação Brasileira

Segundo estudos e análises dos registros em atas de reuniões de colegiado, em escolas públicas, Abranches (2003) declara:

“[...] percebe-se que, na maioria das vezes, essas demandas partem da escola. A pauta apresentada pela diretora e presidente do colegiado vem pronta para a reunião e sem questões trazidas pela comunidade [...] a direção já apresenta uma planilha de gastos e de um valor predefinido para a contribuição dos pais, submetendo apenas a aprovação”.

Nesse texto, a autora denuncia que

  • A.

    o Colegiado constitui um espaço de implantação democrática, pois todos os segmentos participam igualmente dos encontros.

  • B.

    a transição do processo de centralização de decisões para um movimento descentralizado ainda não ocorreu e os professores apresentam descrença diante do poder dos pais na deliberação de decisões.

  • C.

    a descentralização do poder na escola vem indicando a participação mais ativa de pais, professores, equipe gestora e representação de alunos.

  • D.

    apesar da burocracia, as resoluções tomadas nos colegiados se referem à opinião fornecida pelos pais e responsáveis comunitários.

  • E.

    com a ampliação do interesse dos pais em participação dos Colegiados, verifica-se a divisão de responsabilidade igualitária entre todos os envolvidos.