Pedagogia História da Educação Brasileira

Mudança e estabilidade resultam ambas da ação que o homem exerce sobre o mundo. Como um ser de práxis, o homem, ao responder aos desafios que partem do mundo, cria seu mundo: o mundo histórico-cultural. (Paulo Freire)

Assinale a alternativa que condiz com o pensamento dialético de Freire, a respeito de Educação e Mudança.

  • A. A educação não é um elemento para a mudança social, e sim, pelo contrário, é um elemento fundamental para a conservação e funcionamento do sistema social.
  • B. A educação é considerada como o fato social, isto é, se impõe, coercitivamente, como uma norma jurídica ou como uma lei. Desta maneira, a ação educativa permitirá uma maior integração do indivíduo e também permitirá uma forte identificação com o sistema social.
  • C. A educação, entendida como socialização, é o mecanismo básico de constituição dos sistemas sociais e de sua manutenção e perpetuação, em forma de sociedades, e sem a socialização, o sistema social é ineficaz para manter-se integrado, para preservar sua ordem, seu equilíbrio e conservar seus limites.
  • D. Na estrutura social, há a estabilidade e a mudança. Com isso, observam-se aspectos de uma mesma estrutura visivelmente mutáveis, contraditórios, que alcançados pela demora e pela resistência culturais, mantêm-se resistentes à transformação.
  • E. Educação e democracia formam parte de uma totalidade em que os indivíduos deveriam ter chances iguais. Em outras palavras, igualdade de oportunidades dentro de um universo social de diferenças individuais.