Pedagogia Temas Educacionais Pedagógicos Tendências Pedagógicas

Consideradas em linhas gerais, as principais concepções de educação podem ser agrupadas em cinco grandes tendências: a concepção humanista tradicional, desdobrada em duas vertentes, a religiosa e a leiga; a concepção humanista moderna; a concepção analítica, que cabe considerar paralelamente à concepção produtivista; a concepção crítico-reprodutivista; e a concepção dialética ou histórico-crítica. Na perspectiva da concepção dialética ou histórico-crítica,
  • A. a teoria da educação (a pedagogia) é subsumida, assimilada à filosofia da educação. Nesse contexto, é um conjunto de enunciados filosóficos referidos à educação, que tomam por base uma visão essencialista do ser humano, cabendo à educação a tarefa de conformar cada indivíduo à essência ideal e universal que caracteriza o homem. Em consequência, a prática pedagógica visa ao modo como o professor irá proceder na realização da referida tarefa em relação a seus alunos.
  • B. a teoria não supõe o homem como uma essência universal, mas entende que os homens devem ser considerados na sua existência real, como indivíduos vivos que se diferenciam entre si; nesse caso, a teoria da educação deverá dar conta das diferenças que caracterizam os indivíduos, os quais devem ser considerados nas suas situações de vida e na interação com outros indivíduos. A teoria da educação ganha autonomia em relação à filosofia da educação e é por meio do método científico que os educandos alcançam os elementos do conhecimento.
  • C. a teoria filosófica tem função própria da filosofia e é definida pela análise da linguagem; desse modo, a filosofia da educação será entendida como análise da linguagem educacional. Como tal, ela não tem como objetivo analisar e explicar o próprio fenômeno educativo e, muito menos, orientar a prática pedagógica. Assim, dir-se-ia que, rigorosamente falando, esta concepção de educação se restringe ao nível da filosofia da educação, não contemplando os aspectos econômicos, sociais e políticos.
  • D. a teoria diferencia o modo de articulação que estabelece entre si as relações recíprocas, de modo que cada nível se comporta ao mesmo tempo como determinado e determinante dos demais. Uma importante implicação desse modo de entender a educação é que a prática pedagógica, em lugar de aparecer como um momento de aplicação da teoria da educação, é vista como ponto de partida e ponto de chegada, cuja coerência e eficácia são garantidas pela mediação da filosofia e da teoria educacional.