Pedagogia Educação e Psicologia (Psicopedagogia) Psicologia da educação na adolescência

Segundo Bomtempo (in: Kishimoto et. alii, 2009), para Vygotsky, o que define o brincar é a situação imaginária criada pela criança; este autor dá grande ênfase ao significado no brincar. Sobre isso, é correto afirmar que, para Vygotsky,

  • A.

    a imaginação é uma atividade consciente, as crianças se envolvem em situações imaginárias a partir dos cinco meses de vida, aproximadamente, e o brincar preenche necessidades que mudam com o tempo.

  • B.

    jogo simbólico é um mecanismo comportamental que possibilita a transição de coisas como objetos de ação para coisas como objeto de pensamento. Através do brincar, desejos irrealizáveis podem ser realizados.

  • C.

    a criança até três anos não considera o brinquedo uma coisa séria, pois, nessa fase, ela já separa a fantasia e a realidade. Nessa idade, a criança é livre para determinar sua ação no brincar, e essas ações não estão subordinadas ao significado do objeto.

  • D.

    no brinquedo, o objeto torna-se mais importante do que o significado conferido ao objeto. Também é mais importante a similaridade do objeto com a coisa imaginada, do que com o gesto realizado com o objeto.

  • E.

    o jogo simbólico é uma fase no desenvolvimento da inteligência, marcada pelo domínio da assimilação sobre a acomodação, tendo como função acomodar a experiência passada.