Questões de Concurso de Anexo de Riscos Fiscais - ARF - Administração Financeira e Orçamentária - AFO

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 879439

Concurso CFO Analista de Compras e Licitação 2017

Questão 66

Instituto Quadrix (Quadrix )

Nível Superior

No que se refere a orçamento público, julgue os itens que se seguem. Se determinado contrato firmado com a Administração Pública estiver sob questionamento judicial, cujo desfecho possa resultar em novas despesas públicas, o valor correspondente à ação judicial deverá ser incluído no anexo de riscos fiscais da lei de diretrizes orçamentárias.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 826018

Concurso IBGE Analista - Área: Orçamento e Finanças 2016

Questão 44

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Superior

O Quadro I a seguir foi originado de um dos instrumentos de planejamento de um ente municipal em um dado exercício.

As lacunas são devidamente preenchidas, respectivamente, com:

  • A. ao Anexo de Gestão Fiscal; na LDO;
  • B. ao Anexo de Metas Fiscais; na LOA;
  • C. ao Anexo de Metas Fiscais; no PPA;
  • D. ao Anexo de Riscos Fiscais; na LDO;
  • E. ao Anexo de Riscos Fiscais; na LOA.

Questão de Concurso - 951986

Concurso DPE AM Analista em Gestão Especializado - Administração 2017

Questão 36

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

O conceito de gestão fiscal responsável não se resume à aplicação e controle dos recursos públicos no curso da execução orçamentária, mas também à utilização de mecanismos de prevenção e mitigação dos efeitos de eventos futuros que, caso se materializem, podem comprometer seriamente o equilíbrio fiscal do ente. Nessa vertente, destaca-se
  • A. o anexo de metas fiscais, que deve compor o Plano Plurianual, prevendo as medidas de consecução de receita extraordinária caso não alcançada a previsão de arrecadação.
  • B. o anexo de riscos fiscais, que deve compor a Lei de Diretrizes Orçamentárias, avaliando os passivos contingentes e outros riscos capazes de afetar as contas públicas.
  • C. o plano plurianual, que deve fixar o limite de contingência, utilizado quando as despesas correntes, incluindo pessoal e custeio, superarem as estimativas de receita.
  • D. o plano estratégico de contingenciamento que compõe a Lei Orçamentária Anual, limitando as despesas de investimento e custeio quando ocorra frustração das receitas ordinárias.
  • E. a limitação automática de empenho prevista em anexo específico do Plano Plurianual, aplicada quando a receita corrente líquida apresentar queda de mais de 10% em relação às estimativas constantes na Lei Orçamentária Anual.

Questão de Concurso - 945727

Concurso SEFIN Contador 2017

Questão 66

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Superior

O Anexo de Riscos Fiscais é parte da Lei de Diretrizes Orçamentárias. Além dos riscos capazes de afetar as contas públicas, nele serão avaliados
  • A. o risco de inadimplência dos valores a receber.
  • B. as provisões constituídas.
  • C. os passivos contingentes.
  • D. a recuperabilidade dos ativos.
  • E. o grau de solvência dos entes envolvidos.

Questão de Concurso - 949571

Concurso TCE MG Auditor 2017

Questão 88

Fundação de desenvolvimento da pesquisa (FUNDEP / UFMG)

Nível Superior

Com relação aos riscos fiscais, no âmbito da legislação vigente, assinale a alternativa INCORRETA.
  • A. Riscos fiscais podem ser conceituados como a possibilidade da ocorrência de eventos que venham a impactar negativamente as contas públicas, correspondendo, assim, aos riscos provenientes das obrigações financeiras do governo.
  • B. Os riscos que são repetitivos deixam de ser riscos fiscais, devendo ser tratados no âmbito do planejamento, ou seja, devem ser incluídos como ações na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e na Lei Orçamentária Anual (LOA) do ente federativo.
  • C. Riscos fiscais são decorrentes de eventos resultantes da realização de ações não previstas no programa de trabalho para o exercício corrente e não fazem parte das metas de resultados previstas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).
  • D. A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) deve conter um anexo de riscos fiscais, no qual devem ser avaliados os passivos contingentes e outros riscos capazes de afetar as contas públicas e devem ser informadas as providências a serem tomadas, caso se concretizem.
  • E. As ações e respectivas despesas para mitigar os efeitos de catástrofes naturais que têm sazonalidade conhecida devem ser previstas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e na Lei Orçamentária Anual (LOA) do ente federativo afetado, e não devem ser tratadas como risco fiscal.

Questão de Concurso - 908236

Concurso

Questão 129

Nível

A respeito do ciclo e sistema orçamentário, julgue os itens que se seguem. Entre os assuntos tratados nos anexos de riscos fiscais da LDO, tem-se a evolução do patrimônio líquido, também nos últimos três exercícios.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 918390

Concurso MPE ES Promotor de Justiça Substituto 2013

Questão 76

Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível Superior

Assinale a alternativa correta em relação às previsões contidas na Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar Federal n.º 101/2000).
  • A. O projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias deve conter um anexo de riscos fiscais, no qual serão avaliados os passivos contingentes e outros riscos capazes de afetar as contas públicas, informando as providências a serem tomadas, caso se concretizem.
  • B. Para fins da Lei de Responsabilidade Fiscal, são consideradas como renúncia de receita as alterações nas alíquotas dos impostos de importação, sobre operações financeiras e sobre produtos industrializados.
  • C. A apuração da despesa total com pessoal será feita somando- se a realizada no mês em referência com os onze imediatamente superiores, não podendo, exceder, nos Estados e Municípios, 50% da receita corrente líquida respectiva.
  • D. É vedado ao titular de Poder ou órgão, nos últimos três quadrimestres do seu mandato, contrair obrigação de despesa que não possa ser cumprida integralmente dentro desse período.
  • E. É nulo de pleno direito o ato que resulte aumento de despesa com pessoal expedido nos 200 (duzentos) dias anteriores ao final do mandato do titular do respectivo Poder ou órgão.

Questão de Concurso - 944549

Concurso DEMAE Contador 2017

Questão 33

Universidade Federal do Goiás (UFG)

Nível Superior

A Lei de Diretrizes Orçamentárias conterá o Anexo de Riscos Fiscais. Nele serão avaliados:
  • A. os passivos contingentes e outros riscos capazes de afetar as contas públicas.
  • B. o montante e a discriminação do orçamento da seguridade social das empresas estatais.
  • C. o montante da despesa de capital e o método de apuração da receita corrente líquida.
  • D. os passivos contingentes derivados das vendas de bens públicos no exercício.

Questão de Concurso - 780344

Concurso TCU Técnico de Controle Externo - Apoio Técnico - Área Técnica Administrativa 2007

Questão 99

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Médio

Conforme o disposto na Lei n.º 101/2000 — Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) —, o anexo de metas fiscais e o anexo de riscos fiscais comporão a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Acerca do papel do anexo de riscos fiscais, julgue o item a seguir. No anexo de riscos fiscais, serão avaliados os passivos contingentes e outros riscos capazes de afetar as contas públicas, e informadas as providências a serem tomadas, caso se concretizem.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 938928

Concurso DETRAN PA Técnico em Administração - Área Ciências Contábeis 2006

Questão 29

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

Considerando que as entidades públicas têm a obrigatoriedade de prestar contas de seus gastos, assinale a opção incorreta.
  • A. A exceção à regra para a realização de transferência voluntária por parte do beneficiário, de que se acha em dia quanto ao pagamento de tributos, empréstimos e financiamentos devidos ao ente transferidor é que este não necessita prestar contas de recursos anteriormente recebidos.
  • B. A prestação de contas evidenciará o desempenho da arrecadação em relação à previsão, destacando as providências adotadas no âmbito da fiscalização das receitas e combate à sonegação, bem como as demais medidas para incremento das receitas tributárias e de contribuições.
  • C. A União poderá intervir nos estados ou no Distrito Federal para assegurar a observância da prestação de contas da administração pública, direta e indireta.
  • D. O anexo de riscos fiscais deverá ser contemplado na lei de diretrizes orçamentárias, em que serão avaliados os passivos contingentes e outros riscos capazes de afetar as contas públicas.