Questões de Concursos Agência de Fomento do Amapá - AP (AFAP/AP)

Ver página AFAP/AP Navegar questão a questão

Questão 1041661

Agência de Fomento do Amapá - AP (AFAP/AP) 2019

Cargo: Analista de Fomento - Área Advogado / Questão 3

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Está clara e correta a redação deste livre comentário sobre o texto:
  • A. No exercício da dupla função de professor e escritor, o autor do texto avalia que as vantagens que lhe decorrem da primeira poderiam ser úteis para a segunda.
  • B. Tanto têm vantagens a profissão de escritor como de pedagogo, razão por quê sente-se o escritor como uma criatura a quem não faltam o dote dos privilégios.
  • C. Fosse o autor do texto tão-somente um professor, não haveria de passar por sua cabeça as tentações de promover suas experiências pedagógicas as de um criador de literatura.
  • D. Não deixam de ser irônicas, no primeiro parágrafo, que as observações feitas sobre o desprezo dos deuses venha a atingir uma classe nobre como a dos pedagogos.
  • E. O autor admite ser possível que, por eventuais pecados seus, possa ser expiado por conta deles, exercendo contudo um magistério que não conta com o respeito dos deuses.

Questão 1042903

Agência de Fomento do Amapá - AP (AFAP/AP) 2019

Cargo: Assistente Administrativo de Fomento / Questão 2

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Médio

São vocábulos que sugerem, no contexto, que a autoria do texto não se responsabiliza integralmente pelos dados divulgados:
  • A. informou (1o parágrafo) e Segundo (3o parágrafo).
  • B. ONU e população (2o parágrafo).
  • C. metade (1o parágrafo) e crescimento (3o parágrafo).
  • D. pessoas (1o parágrafo) e comunicado (2o parágrafo).
  • E. diretor e sociedade (2o parágrafo).

Questão 1041664

Agência de Fomento do Amapá - AP (AFAP/AP) 2019

Cargo: Analista de Fomento - Área Advogado / Questão 6

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

O autor do texto se posiciona claramente contra
  • A. os efeitos nocivos da propaganda, quando se vale de recursos das artes tradicionais para vender produtos de grande significação social.
  • B. as teses idealistas acerca do que seja o belo, que propagam modelos estéticos ligados a um passado clássico que hoje não guardam qualquer sentido.
  • C. a exploração comercial de produtos ligados à estética feminina, como os cosméticos, que ele julga perverter o padrão ideal de beleza.
  • D. a disseminação de padrões de beleza inatingíveis que atendem a um ávido interesse econômico e acarretam infelizes obsessões às mulheres.
  • E. a reprodução de modelos de beleza que levam as mulheres a encontrar em si mesmas uma fonte de prazer sem qualquer relevância social.

Questão 1042908

Agência de Fomento do Amapá - AP (AFAP/AP) 2019

Cargo: Assistente Administrativo de Fomento / Questão 7

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Médio

No contexto, o vocábulo também - no trecho era íntimo também dos passarinhos americanos (1o parágrafo) - permite concluir que Tom Jobim
  • A. dedicava a maior parte do tempo a ouvir pássaros americanos.
  • B. frequentava o Central Park com o objetivo de estudar os pássaros.
  • C. era perito em passarinhos originários dos Estados Unidos.
  • D. tinha familiaridade com o canto dos passarinhos brasileiros.
  • E. conhecia os pássaros independentemente de seu continente de origem.

Questão 1042911

Agência de Fomento do Amapá - AP (AFAP/AP) 2019

Cargo: Assistente Administrativo de Fomento / Questão 10

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Médio

Está redigido com clareza e correção este livre comentário do texto:
  • A. Ao ouvir um determinado canto, Tom Jobim era capaz, de saber à qual pássaro poderia pertencer.
  • B. O maestro Tom Jobim ao ouvir o canto dos pássaros, eram possíveis saber quais eram cada um deles.
  • C. Tom Jobim, além de exímio maestro, sabia diferenciar e imitar os cantos dos mais diversos pássaros.
  • D. Os cantos que Tom Jobim ouvia eram facilmente atribuidos à determinadas espécies de pássaros.
  • E. À partir da escuta atenta dos pios, Tom Jobim podia dicernir quais pássaros estavam por

Questão 1041683

Agência de Fomento do Amapá - AP (AFAP/AP) 2019

Cargo: Analista de Fomento - Área Advogado / Questão 25

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A necessidade de implantação de unidades habitacionais destinadas a população de baixa renda e a edificação de uma unidade hospitalar para atendimento da população em geral justifica, por parte do Município, a
  • A. edição de decreto de declaração de interesse social para a implantação das unidades habitacionais e para construção da unidade hospitalar, porque este também se destina a baixa renda.
  • B. desapropriação de áreas públicas ou particulares para instalação da unidade hospitalar e das unidades habitacionais, em razão da prevalência da finalidade pública da medida.
  • C. declaração de utilidade pública das áreas necessárias para as obras, precedida da comprovação da existência da integra- lidade de recursos financeiros para edificação das obras indicadas, mesmo que estas ultrapassem mais de um exercício.
  • D. a desapropriação dos terrenos necessários à implantação das obras, cuja indenização, devido ao interesse social que fundamenta a atuação do poder público, poderá ser paga em títulos da dívida pública após a conclusão das obras.
  • E. edição de decreto de declaração de interesse social, que justifica a implantação das unidades habitacionais, bem como de declaração de utilidade pública, para implantação do equipamento público destinado à unidade hospitalar.

Questão 1042614

Agência de Fomento do Amapá - AP (AFAP/AP) 2019

Cargo: Analista de Fomento - Área Crédito / Questão 31

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A celebração de contrato administrativo entre empresa particular e a Administração pública permite a incidência do poder
  • A. de polícia em relação aos atos praticados pela contratada para a execução do objeto contratual, incluindo a aplicação de penalidades.
  • B. normativo, diante da necessidade de aditamento do contrato para estabelecimento de alterações de ordem qualitativa.
  • C. disciplinar em relação à contratada, tendo em vista que essa atuação abrange relações jurídicas que excedem o vínculo funcional, tal como vínculo contratual.
  • D. hierárquico, tendo em vista que esta prerrogativa confere posição de supremacia do poder público contratante em relação à contratada, admitindo inclusive alterações unilaterais do contrato.
  • E. regulatório, tendo em vista que o vínculo contratual entre a Administração pública e o particular admite alterações unilaterais por parte do contratante sempre que o interesse público assim recomendar, independentemente de concordância do contratado.

Questão 1042953

Agência de Fomento do Amapá - AP (AFAP/AP) 2019

Cargo: Agente de Fomento Externo / Questão 32

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Médio

Considere a edição de ato administrativo indeferindo pedido administrativo de particular para que o poder público municipal promova urgentes reparos no leito da rua onde está situada sua residência, em razão do aparecimento de uma rachadura que vem progressivamente aumentando de tamanho, ocasionando risco a ele e demais moradores do local. Essa medida
  • A. constitui regular exercício de poder disciplinar, tendo em vista que não são somente os servidores públicos destinatários dessa atuação, que abrange decisões relativas a outros vínculos jurídicos.
  • B. deve ser impugnada judicialmente, posto que somente com autorização judicial o ente público poderia realizar contratação para aquela finalidade sem a realização de licitação.
  • C. admite revisão pela própria Administração pública em caso de constatação de inadequação, desde que se trate de juízo discricionário, vedado sanar vício de legalidade diretamente.
  • D. pode ser objeto de recurso administrativo, o que permite à Administração pública superior convalidar ou anular o ato administrativo, caso reste demonstrada sua inadequação e inconveniência diante da situação fática.
  • E. demandará a interposição de recurso administrativo por parte do requerente, sem prejuízo de poder adotar medidas judiciais para intervenção da obra, diante da situação emergencial caracterizada.

Questão 1042954

Agência de Fomento do Amapá - AP (AFAP/AP) 2019

Cargo: Agente de Fomento Externo / Questão 33

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Médio

Um participante de pregão presencial que discorde do resultado anunciado ou mesmo de alguma conduta do pregoeiro
  • A. deve aguardar a homologação da licitação e a celebração do contrato para impugnar judicial e administrativamente o procedimento, dado que este não contempla a possibilidade de interposição de recurso em momento anterior.
  • B. deve deduzir irresignação judicial contra a decisão proferida no curso do procedimento, tendo em vista que o presidente da comissão de licitação não detém poderes para revisão dos próprios atos.
  • C. pode apresentar recurso administrativo contra cada decisão que repute ilegal ou inadequada, sendo dever do pregoeiro suspender o procedimento para prévia análise das impugnações.
  • D. pode apresentar recurso oral, cujas razões serão reduzidas a termo pelo pregoeiro e decididas antes da nomeação do vencedor.
  • E. deve, após a declaração do vencedor, manifestar sua irresignação, consignando intenção de recorrer, quando lhe será concedido prazo, nos termos da lei, para apresentar as respectivas razões, sem prejuízo de poder deduzir pleito judicial para eventual anulação do certame.

Questão 1042956

Agência de Fomento do Amapá - AP (AFAP/AP) 2019

Cargo: Agente de Fomento Externo / Questão 35

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Médio

Ezequiel é servidor público de uma empresa pública cujo objeto social abrange serviços de informática, com desenvolvimento de softwares, manutenção de computadores, dentre outras atividades. Atuando no setor de desenvolvimento de sistemas, Ezequiel instalou em seu computador de trabalho uma versão piloto de um software para gestão financeira dos recursos da empresa, cuja finalidade era agilizar o pagamento de despesas e o recebimento de receitas. Durante a execução dos testes, acabou havendo indevido creditamento de valor significativo na conta pessoal do diretor da empresa, que, constatando o ocorrido, determinou a apuração da conduta do servidor, precedida da restituição do montante ao caixa da empresa. Dessa narrativa é possível concluir que
  • A. o servidor Ezequiel pode ser responsabilizado por ato de improbidade, na modalidade que gera enriquecimento ilícito, esta que prescinde de dolo do autor, sendo suficiente demonstrar conduta culposa.
  • B. o diretor da empresa também poderá figurar como sindicado para apuração de ato de improbidade, na medida em que se beneficiou da conduta de Ezequiel, ainda que não seja comprovada sua participação direta no ocorrido.
  • C. o servidor Ezequiel praticou ato de improbidade, seja na modalidade que gera prejuízo ao erário ou que atenta contra os princípios da Administração, diante da comprovada conduta culposa do mesmo.
  • D. inexistem fundamentos para condenação por ato de improbidade, pois não houve demonstração de dolo do servidor, tampouco houve prejuízo ao erário, o que exclui a tipificação de qualquer das modalidades de improbidade previstas na lei.
  • E. o servidor Ezequiel cometeu infração disciplinar, o que suspende o processamento de procedimento para apuração de ato de improbidade, o que demandaria, ademais, para configuração de dolo por parte do diretor beneficiado com a conduta de Ezequiel.