Questões de Concurso de Arqueologia - Arqueologia

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1077827

Concurso UFG Arqueólogo 2016

Questão 52

Universidade Federal do Goiás (UFG)

Nível Superior

A respeito da trajetória da normatização referente ao patrimônio arqueológico,
  • A. o direito de acesso deve ser assegurado a qualquer cidadão e em qualquer momento, mediante solicitação simples, aos acervos depositados em museus e instituições de guarda.
  • B. a proteção do patrimônio arqueológico, no Brasil, é praticamente inexistente em relação à legislação de outros países.
  • C. a Lei n. 3.924, de 1961, estabeleceu distinções entre a pesquisa arqueológica profissional e as práticas amadoras.
  • D. a Lei n. 3.924, de 1961, assegurou a preservação do patrimônio arqueológico brasileiro em sua diversidade, fossem os sítios arqueológicos monumentais ou não, em áreas rurais ou urbanas, referentes à Arqueologia histórica ou à pré-colonial, indistintamente.

Questão de Concurso - 401915

Concurso MPU Analista de Arqueologia 2010

Questão 62

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

Considerando a história e a teoria da arqueologia, julgue os itens que se seguem.

A preocupação com a preservação de conjuntos arqueológicos e com a gestão de patrimônio tem origem nos anos 1980.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 701208

Concurso IPHAN Arqueólogo 2013

Questão 47

Instituto Americano de desenvolvimento (IADES)

Nível Superior

Com relação ao comércio de bens arqueológicos no Brasil, assinale a alternativa correta.
  • A. É permitido apenas nas lojas do IPHAN.
  • B. É permitido em museus cadastrados pelo IPHAN.
  • C. É expressamente proibido.
  • D. É proibido apenas para os bens tombados.
  • E. É proibido apenas para exportação.

Questão de Concurso - 1043275

Concurso UFSC Arqueólogo 2018

Questão 26

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Nível Superior

A respeito das características do histórico-culturalismo e do processualismo, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

I. O primeiro propõe uma lógica indutiva, enquanto o segundo sustenta uma lógica dedutiva na construção de modelos para explicação do registro arqueológico.

II. O primeiro advoga uma perspectiva regional, enquanto o segundo é marcado por estudos intrassítio.

III. O primeiro concebe os artefatos com a materialização de ideias pré-concebidas na mente dos artesãos, enquanto o segundo pensa tecnologia de forma integrada às atividades realizadas em distintos compartimentos da paisagem.

IV. O primeiro é marcado por abordagens mais descritivas, enquanto o segundo enfatiza o significado simbólico e as abordagens contextuais.

V. O primeiro associa mudanças culturais a mecanismos de migração e difusão, enquanto o segundo associa mudanças ao papel do indivíduo e dos diferentes grupos sociais que compõem uma sociedade.

  • A. Somente as afirmativas I e III estão corretas.
  • B. Somente as afirmativas I e II estão corretas.
  • C. Somente as afirmativas II e III estão corretas.
  • D. Somente as afirmativas IV e V estão corretas.
  • E. Somente as afirmativas III e V estão corretas.

Questão de Concurso - 1043276

Concurso UFSC Arqueólogo 2018

Questão 27

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Nível Superior

Sobre as relações da arqueologia com outras ciências, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

I. O estudo de microrrestos vegetais, como grãos de pólen e amido, fitólitos e diatomáceas, permite a reconstrução dos paleoambientes associados a sítios arqueológicos, além de auxiliar nas questões tafonômicas e de proveniência.

II. Os processos pedogenéticos são importantes no estudo da formação de sítios arqueológicos, já que consideram a fragmentação e o arraste de artefatos em decorrência do pisoteamento por animais e seres humanos.

III. A geoarqueologia é a utilização de técnicas e métodos das geociências no levantamento arqueológico, em especial nos estudos prospectivos de campo por meio de análises geoquímicas, exigindo a presença de especialistas, como geólogos, geomorfólogos e geoquímicos.

IV. A datação radiométrica é um método essencialmente físico-químico e que independe do olhar interdisciplinar, cabendo ao arqueólogo a coleta adequada, a seleção e o envio das amostras aos laboratórios especializados.

V. Arqueobotânica é o estudo dos restos vegetais encontrados em variados depósitos naturais e antrópicos antigos. Por sua vez, a paleoetnobotânica corresponde à análise e interpretação de vestígios arqueobotânicos com o objetivo de fornecer informações sobre as interações entre populações humanas e plantas.

  • A. Somente as afirmativas II e III estão corretas.
  • B. Somente as afirmativas I, II e V estão corretas.
  • C. Somente as afirmativas III e IV estão corretas.
  • D. Somente as afirmativas I, IV e V estão corretas.
  • E. Todas as afirmativas estão corretas.

Questão de Concurso - 1043277

Concurso UFSC Arqueólogo 2018

Questão 28

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Nível Superior

O Último Máximo Transgressivo foi um evento que:
  • A. ocorreu há cerca de 12.000 anos e marca a transição Pleistoceno-Holoceno.
  • B. afetou exclusivamente os sítios de tipo sambaqui, já que não existe nenhum sambaqui com data anterior a esse evento.
  • C. ocorreu no Holoceno médio e está associado à variação do nível do mar, provocando impacto na preservação dos sítios arqueológicos litorâneos.
  • D. afetou de forma mais intensa o litoral Pacífico da América do Sul que o litoral Atlântico.
  • E. foi responsável por criar um efeito reservatório que afeta a datação de conchas marinhas.

Questão de Concurso - 1043278

Concurso UFSC Arqueólogo 2018

Questão 29

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Nível Superior

São características do processualismo:
  • A. ênfase no significado, com abordagens que enfatizam o aspecto simbólico da cultura material, sem considerar as atividades às quais os artefatos estão associados.
  • B. abordagens indutivas, voltadas à construção de cronologias locais, com ênfase na elaboração de tipologias artefatuais.
  • C. ênfase no papel dos indivíduos e grupos sociais na elaboração da cultura material.
  • D. ausência de interlocução com as comunidades locais e de diálogo com outras disciplinas.
  • E. perspectivas nomotéticas, marcadas por forte dose de determinismo ambiental e ausência de explicações que enfatizem a dinâmica social nos processos de mudança sociocultural.

Questão de Concurso - 1043279

Concurso UFSC Arqueólogo 2018

Questão 30

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Nível Superior

Assinale a alternativa correta em relação à arqueologia darwiniana ou selecionista.
  • A. O estudo diacrônico dos artefatos mostra uma sequência temporal, mas não uma linhagem histórica.
  • B. Os arqueólogos darwinianos admitem que a antropologia é a matriz teórica da arqueologia.
  • C. Os artefatos são restos fossilizados de fenótipos humanos bem-sucedidos.
  • D. Os arqueólogos darwinianos consideram a teoria evolutiva a mais adequada para explicar a evolução cultural, tal como entendido pela nova arqueologia.
  • E. De acordo com os darwinianos, a teoria evolutiva só pode ser aplicada à arqueologia pré-histórica.

Questão de Concurso - 1043280

Concurso UFSC Arqueólogo 2018

Questão 31

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Nível Superior

Identifique, dentre os itens abaixo, os que correspondem a perspectivas decoloniais na arqueologia. Em seguida, assinale a alternativa correta.

I. Estudos voltados à compreensão do impacto das mudanças ambientais na trajetória histórico-cultural de sociedades em diferentes regiões.

II. Projetos de etnoarqueologia direcionados ao estudo da formação do refugo arqueológico e à criação de modelos interpretativos.

III. Estudos que enfatizam as relações políticas envolvidas na produção do conhecimento em diferentes lugares do mundo que passaram por experiências colonialistas.

IV. Estudos sobre a diáspora africana e a influência das relações de poder na produção e circulação da cultura material produzida por afrodescendentes em diferentes partes do mundo.

V. Projetos colaborativos em terras indígenas, voltados à inclusão de diferentes discursos sobre passado e presente.

  • A. Somente os itens II, III e V estão corretos.
  • B. Somente os itens II, IV e V estão corretos.
  • C. Somente os itens I, III e IV estão corretos.
  • D. Somente os itens III, IV e V estão corretos.
  • E. Somente os itens I, II e III estão corretos.

Questão de Concurso - 1043281

Concurso UFSC Arqueólogo 2018

Questão 32

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Nível Superior

Em que consiste o método de levantamento sistemático estratificado?
  • A. Na experiência pessoal do pesquisador, destacando a prospecção em locais considerados mais propícios (na proximidade de cursos d’água, por exemplo), de maior visibilidade e acessibilidade e no uso de informações orais ou etno-históricas.
  • B. Na modelagem de variáveis culturais e ambientais de relevância arqueológica, criando modelos probabilísticos capazes de prever a ocorrência ou preservação diferencial de sítios arqueológicos.
  • C. No uso de sondagens, por meio das quais os solo/sedimentos são escavados por níveis artificiais ou respeitando os estratos naturais, propiciando controle do contexto estratigráfico associado aos vestígios arqueológicos.
  • D. No estabelecimento de uma cobertura prospectiva de base estatística, prevendo-se, ainda, mudanças ou adaptações na cobertura conforme os diferentes compartimentos ambientais que serão amostrados.
  • E. No levantamento prospectivo a partir de fotografias aéreas e imagens de satélites, buscando identificar características especificas da vegetação, do relevo e outras feições que revelem a presença de sítios arqueológicos.