Questões de Concurso de 9. Conforto ambiental - Arquitetura

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 973913

Prefeitura de Várzea Grande - MT 2018

Cargo: Técnico de Desenvolvimento Econômico - Área Arquiteto / Questão 21

Banca:

Nível: Superior

Para projetar proteções solares, é necessário o conhecimento da máscara de sombra que cada tipo de brise proporciona. Sobre essa temática, assinale a máscara de sombra correspondente ao brise vertical infinito.
  • A.
  • B.
  • C.
  • D.

Questão 1002427

Assembléia Legislativa de Rondônia - RO (ALE/RO) 2018

Cargo: Analista Legislativo - Área Arquitetura / Questão 60

Banca: Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível: Superior

Com vistas à questão de eficiência energética, assinale a opção que indica a melhor orientação para as fachadas de menor superfície, de casas rurais implantadas em uma região de clima tropical.
  • A. norte e leste.
  • B. sul e leste
  • C. leste e oeste.
  • D. oeste e norte
  • E. oeste e sul.

Questão 914398

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul - RS (DPE/RS) 2017

Cargo: Analista - Área Arquitetura / Questão 47

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Entre os principais sistemas de certificação ambiental de edifícios, descritos atualmente, estão:

I. BREEAM (Reino Unido, 1990).

II. CASBEE (Japão, 2001).

III. DGNB (Alemanha, 2007).

IV. GREEN AUSB (Austrália, 2006).

V. LEED (Estados Unidos, 1998).

Está correto o que se afirma APENAS em

  • A. I e V.
  • B. I, III e V.
  • C. II e IV.
  • D. I, II, III e V.
  • E. I, II, IV e V.

Questão 914399

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul - RS (DPE/RS) 2017

Cargo: Analista - Área Arquitetura / Questão 48

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A certificação de sustentabilidade de edifícios definida como um processo de gestão de projeto, que tem o objetivo de obter a qualidade ambiental de um empreendimento novo ou reabilitado e, para tanto, baseia-se em dois referenciais de desempenho:

I. Referencial do Sistema de Gestão do Empreendimento − SGE, que avalia o sistema de gestão implementado pelo empreendedor.

II. Referencial de Qualidade Ambiental do Edifício − QAE, que avalia o desempenho técnico e arquitetônico da edificação.

Denomina-se:

  • A. LEED.
  • B. SELO AZUL.
  • C. PBE EDIFICA.
  • D. GBB.
  • E. AQUA.

Questão 972641

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) 2018

Cargo: Arquiteto / Questão 44

Banca:

Nível: Superior

Ao abordar as variáveis ambientais que influenciam no conforto térmico durante o processo de projeto, Ali Tourdet e Bensalem (in KOWALTOWSKI et al., 2011) propuseram uma metodologia baseada no pressuposto de que usar indicadores simples da geometria do tecido urbano auxilia na proposição de parâmetros geométricos e ambientais relevantes para o controle climático urbano. São parâmetros ambientais desse método os seguintes indicadores, exceto:
  • A. Cobertura das edificações.
  • B. Radiação solar.
  • C. Vento.
  • D. Vegetação.

Questão 843652

Prefeitura de São Luís - MA 2017

Cargo: Técnico Municipal Nível Superior/Nível IX-A - Especialidade: Arquitetura / Questão 51

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

Tendo como referência inicial o texto precedente, assinale a opção correta com relação a modulação, racionalização e temas correlatos.

  • A. A elaboração do programa de necessidades e a elaboração de fluxogramas dependem de uma correta modulação do edifício.
  • B. A modulação e a racionalização da construção têm por propósito padronizar projetos, o que é fundamental em edificações, especialmente nas públicas.
  • C. O emprego de elementos pré-fabricados é suficiente para se garantirem a modulação e a racionalização em um edifício.
  • D. A modulação aplicada a uma edificação se restringe aos elementos de revestimento e vedação.
  • E. A divisão espacial e o leiaute de ambientes, como escritórios de uma repartição pública, são influenciados diretamente pela coordenação modular na medida em que essa permite um desenho mais adequado para a conciliação de elementos como revestimentos e mobiliário.

Questão 843656

Prefeitura de São Luís - MA 2017

Cargo: Técnico Municipal Nível Superior/Nível IX-A - Especialidade: Arquitetura / Questão 55

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

Considerando a figura precedente, que representa o corte de um auditório, assinale a opção correta.

  • A. Uma sala a ser utilizada para concertos deve ter volume pequeno, para que se possa garantir a fidelidade sonora.
  • B. Para um escalonamento visual adequado na plateia, recomenda-se espaço livre de, no mínimo, 70 cm entre as cadeiras.
  • C. Em projetos de auditórios, especialmente em salas para concertos e músicas de câmara, há pouca possibilidade de emprego de modulação construtiva, uma vez que tal uso requer forma e volume muito particulares.
  • D. Os revestimentos recomendados para um auditório e para uma sala de projeção são essencialmente distintos, visto que, no primeiro caso, a necessidade é controlar o tempo de reverberação, ao passo que, no segundo, é necessário ampliar o reforço.
  • E. Para controlar o tempo de reverberação, a superfície indicada pelo número 1 na figura deve ser absorvedora.

Questão 843659

Prefeitura de São Luís - MA 2017

Cargo: Técnico Municipal Nível Superior/Nível IX-A - Especialidade: Arquitetura / Questão 58

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

Considerando a planta apresentada, referente à seção de apoio ao usuário de um fórum no Rio de Janeiro, assinale a opção correta a respeito da ergonomia, de leiautes de ambientes e da comunicação visual em edificações.

  • A. Do ponto de vista da ergonomia, a leitura de um sinal visual em um edifício, como uma placa, é facilitada quanto maior o contraste entre letras e fundos, o que demanda menor nível de iluminância.
  • B. De acordo com a planta apresentada, as salas B e D são áreas franqueadas ao acesso público, dada a inexistência de obstruções.
  • C. Considerando-se que não há possibilidade de se instalarem sheds, as salas B e C devem ser iluminadas artificialmente, podendo receber equipamentos semelhantes, respeitados os limites estabelecidos por norma para conforto, que estabelece como mínimo 500 lux.
  • D. De acordo com a norma pertinente, as estações de trabalho indicadas pela letra D são adequadas para atividades que exijam atenção intelectual e atenção constante, dispensando-se a necessidade de vedações, uma vez que o limite de ruído admitido para essas tarefas é igual a 80 decibéis.
  • E. Para que estejam de acordo com a NR 17, que trata de ergonomia, os postos de trabalho indicados na área D devem possuir superfície de trabalho fixa, em que a distância olho-tela seja sempre superior à olho-teclado e à olho-documento.

Questão 849792

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro - RJ (ALE/RJ) 2017

Cargo: Especialista Legislativo - Área Arquitetura / Questão 54

Banca: Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível: Superior

O proprietário de uma galeria de arte solicitou ao arquiteto que substituísse as lâmpadas quartzo-halógenas (dicroicas) empregadas no local, porque embora elas constituam um tipo aperfeiçoado das lâmpadas incandescentes, apresentam como desvantagem em relação às incandescentes comuns:
  • A. baixa eficiência luminosa;
  • B. enegrecimento do tubo;desprendimento de intenso calor;
  • C. desprendimento de intenso calor;
  • D. vida menos longa;
  • E. péssima reprodução de cores.

Questão 910794

Prefeitura de Salvador - BA 2017

Cargo: Urbanista / Questão 52

Banca: Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível: Superior

Considerando que a latitude da cidade de Salvador é de 12o 58’ 16”, o arquiteto, em seu projeto, implantou a edificação de modo que suas superfícies e maiores extensões recebessem menos sol no verão.

Essas superfícies compuseram as fachadas

  • A. norte e sul.
  • B. norte e leste.
  • C. leste e oeste.
  • D. oeste e sul.
  • E. sul e leste.