Questões de Concurso de Orçamento e Fiscalização - Arquitetura

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1061485

Concurso SLU Analista de Gestão de Resíduos Sólidos - Área Arquitetura 2019

Questão 109

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

Julgue os itens a seguir, a respeito de obras e fiscalização. O orçamento inicial de uma obra pode ser impactado por fatores diversos como alterações nos projetos e alta de preços. Na elaboração de orçamento detalhado, o valor a ser investido é definido com maior precisão que nas avaliações expeditas.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 1061486

Concurso SLU Analista de Gestão de Resíduos Sólidos - Área Arquitetura 2019

Questão 110

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

Julgue os itens a seguir, a respeito de obras e fiscalização. O cronograma físico-financeiro de uma obra antecede o orçamento detalhado, pois sua elaboração é feita no momento em que se estabelece a relação, no tempo, dos serviços realizados e os valores monetários correspondentes.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 523856

Concurso TRE RJ Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade: Arquitetura 2011

Questão 103

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

A respeito de licitações, gerenciamentos e orçamento de obra, julgue os itens subsecutivos.

A licitação é a seleção por meio da qual uma entidade coloca em oferta a realização de uma obra, prestação de serviço ou fornecimento de um bem ou equipamento de construção.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 523857

Concurso TRE RJ Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade: Arquitetura 2011

Questão 104

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

A respeito de licitações, gerenciamentos e orçamento de obra, julgue os itens subsecutivos.

A licitação só poderá ser lançada por entidades de direito público.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 827481

Concurso UFRJ Arquiteto e Urbanista 2014

Questão 36

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Nível Superior

Segundo Dinsmore e Silveira Neto (2007), as três áreas que formam o chamado trinômio sagrado do Gerenciamento de Projetos são:
  • A. escopo, prazo e custo.
  • B. escopo, recursos humanos e comunicação.
  • C. prazo, custo e qualidade.
  • D. recursos humanos, qualidade e comunicação.
  • E. escopo, risco e prazo.

Questão de Concurso - 997068

Concurso TRT 15 Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade: Arquitetura 2018

Questão 35

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Na hipotética reforma de um dos espaços do Tribunal Regional de Campinas, será necessária a criação de uma parede de 4 m de largura e 3 m de altura e de um forro de 9 m de comprimento e 6 m de largura, havendo como opção o uso de drywall ou gesso comum para ambos os elementos. Considerando a exigência de forro duplo, se utilizado o gesso, e os valores de R$ 40 para o m2 de drywall e R$ 25 para o gesso, e perda de 5% de material em obra, o custo total da opção do
  • A. drywall será R$ 940 mais caro do que o custo total da opção do gesso.
  • B. gesso será R$ 990 mais barato do que o custo total da opção do drywall.
  • C. gesso será R$ 378 mais caro do que o custo total da opção do drywall.
  • D. drywall será R$ 240 mais barato do que o custo total da opção do gesso.
  • E. drywall será igual ao custo total da opção do gesso.

Questão de Concurso - 997069

Concurso TRT 15 Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade: Arquitetura 2018

Questão 36

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

A definição de um cronograma físico-financeiro é essencial para o planejamento e execução de uma obra. Com relação às modalidades de organização dos eventos na construção civil,
  • A. com o advento dos programas computacionais, o diagrama de Blocos passou a ser derivado diretamente do diagrama de Gantt.
  • B. o planejamento clássico de Barras − método de Gantt − tem a vantagem de mostrar a dependência entre as atividades.
  • C. no método do diagrama de Blocos devem constar em cada bloco apenas a atividade e as correspondentes datas de início e de término.
  • D. o uso da técnica PERT-CPM tem como vantagem a representação de atividades em tempos de duração prováveis e reais.
  • E. o método de Gantt e a técnica PERT-COM destacam-se pela exclusividade de uso na construção civil.

Questão de Concurso - 997070

Concurso TRT 15 Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade: Arquitetura 2018

Questão 37

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Considere, abaixo, o cronograma, seu caminho crítico e respectivas folgas:

Nesse caso, o caminho crítico passa pelas atividades

  • A. 6 e 9 e não há folgas nas atividades 3 e 7.
  • B. 4 e 7 e as maiores folgas encontram-se nas atividades 6 e 9.
  • C. 3 e 8 e as maiores folgas encontram-se nas atividades 2 e 5.
  • D. 5 e 9 e não há folgas nas atividades 4 e 10.
  • E. 2 e 10 e as maiores folgas encontram-se nas atividades 1 e 8.

Questão de Concurso - 962023

Concurso Câmara de Salvador Especialista - Área Arquiteto 2017

Questão 51

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Superior

O orçamento de uma obra pode tomar terminologias diferentes, em função da fase de projeto em que é elaborado.

Dentre as terminologias do orçamento de uma obra, aquela que corresponde à avaliação de custo obtida através de levantamento e estimativa de quantidades de materiais, serviços e equipamentos e pesquisa de preços médios, usualmente utilizada a partir do anteprojeto da obra, é denominada:

  • A. estimativa de custo;
  • B. orçamento preliminar;
  • C. orçamento estimativo;
  • D. orçamento analítico ou detalhado;
  • E. orçamento sintético ou orçamento reduzido.

Questão de Concurso - 997785

Concurso TJ SC Arquiteto 2018

Questão 60

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Superior

A figura abaixo apresenta um diagrama PERT-CPM e uma tabela com os tempos das atividades referentes a uma obra.

O tempo final da obra, em unidades de tempo (u.t.), e o tempo máximo da atividade F para que não haja interferência no tempo final são, respectivamente:

  • A. 17 e 2;
  • B. 15 e 2;
  • C. 15 e 1;
  • D. 16 e 3;
  • E. 17 e 3.