Questão de Concurso - 1192105

Concurso Professor de Educação Básica - Área: Artes 2019

Questão 49

Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE)

Nível Superior

Em 1989, o Museu de Arte Contemporânea da USP realizou uma importante exposição de desenho infantil organizada a partir do acervo de um(a) pioneiro(a) do Modernismo na arte/educação. O nome deste(a) importante intelectual é:

  • A. Anita Malfatti.
  • B. Mario Pedrosa.
  • C. Mario de Andrade.
  • D. Lasar Segall.
  • E. Alfredo Volpi.

Questão de Concurso - 1095663

Concurso Professor Educação Artística - Artes Plásticas 2019

Questão 62

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Superior

Em 2015, 47 anos após aparecerem pela primeira vez na pinacoteca do Museu de Arte de São Paulo (MASP), os cavaletes de vidro projetados por Lina Bo Bardi como expositores retornaram para a galeria de pinturas do museu.

A respeito da retomada da proposta expositiva de Lina Bo Bardi, analise as afirmativas a seguir.

I. Favorece uma forma clássica de se apreciar arte, colocando o quadro no centro exclusivo da atenção do público.

II. Gera associações inesperadas entre obras, em função do percurso aleatório possibilitado aos fruidores.

III. Dialoga com a arquitetura do edifício, um bloco suspenso no ar, comunicando ideias de circulação e transparência.

Está correto o que se afirma em

  • A. I, apenas.
  • B. I e II, apenas.
  • C. I e III, apenas.
  • D. II e III, apenas.
  • E. I, II e III.

Questão de Concurso - 1095666

Concurso Professor Educação Artística - Artes Plásticas 2019

Questão 63

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Superior

Atribuir ao museu a função de agente educativo ocasionou uma redefinição e um alargamento social de suas práticas, bem como uma abertura para repensar o seu papel na sociedade contemporânea.

As afirmativas a seguir descrevem corretamente funções socioeducativas dos museus de arte na atualidade, à exceção de uma. Assinale-a.

  • A.

    Incentivar a percepção crítica da realidade cultural brasileira e servir como espaço de fruição, pesquisa e reflexão.

  • B.

    Conservar as obras dos grandes artistas do Brasil para imortalizar seu valor histórico e estético singular.

  • C.

    Estimular a produção do conhecimento e, simultaneamente, fornecer oportunidades de lazer.

  • D.

    Criar programas para inserir o patrimônio cultural musealizado na vida da sociedade.

  • E.

    Disponibilizar acervos e exposições ao público para subsidiar o processo de construção identitária.

Questão de Concurso - 1095670

Concurso Professor Educação Artística - Artes Plásticas 2019

Questão 64

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Superior

O trabalho de apreciação de arte, formulado por Thomas Munro, foi realizado no Museu de Cleveland por três décadas, onde ele desenvolveu e aplicou sua proposta de “morfologia estética”. Nesse programa, o aluno observava atentamente as obras, percebia como eram constituídas, fazia um esboço a ser desenvolvido no ateliê e conversava sobre as obras a partir de formulações críticas.

Para Thomas Munro, o ensino de arte em museu é um processo que

  • A.

    prioriza a História da Arte como disciplina auxiliar à interpretação de cada obra.

  • B.

    submete os objetos expostos a um sistema formal de crítica e análise estilística.

  • C.

    desenvolve um senso crítico em relação às concepções populares de arte e de belo.

  • D.

    parte da percepção sensorial das obras e de sua apreciação mediante experiências ativas.

  • E.

    supõe o reconhecimento das técnicas artísticas e o posterior aprimoramento de sua reprodução em ateliê.

Questão de Concurso - 1095679

Concurso Professor Educação Artística - Artes Plásticas 2019

Questão 66

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Superior

Um professor de arte do Ensino Médio fornece a seus alunos imagens e descrições de objetos da coleção africana do Centro Cultural Solar Ferrão (Salvador), como a do exemplo a seguir.

A boneca de fertilidade akuaba dos Ashanti de Gana é uma estatueta de madeira com formato característico: corpo em forma de coluna, braços esticados em uma linha, cabeça arredondada e testa grande. Esse objeto é conhecido como estatueta "da fertilidade", pois era utilizado em ritos para a fecundidade da mulher e a fertilidade dos campos, estabelecendo uma relação entre a abundância de alimentos e a multiplicação da prole.

Após analisar como a arte africana é, em geral, classificada nos museus, concluiu-se que nessa descrição a estatueta akuaba é considerada

  • A.

    um objeto estético representativo da arte primitiva.

  • B.

    um objeto de valor no mercado global de arte.

  • C.

    um artefato científico sobre a reprodução humana.

  • D.

    um objeto lúdico para recreação das crianças.

  • E.

    um testemunho artístico e etnográfico da cultura Ashanti.

Questão de Concurso - 1095686

Concurso Professor Educação Artística - Artes Plásticas 2019

Questão 67

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Superior


Chibinda Ilunga (Angola século XIX - rei divino) / Cristo sofredor (Alemanha, 1525).

A exposição "Além da Comparação" exibiu lado a lado obras de dois acervos, o de arte africana do Museu Etnológico alemão, e o de arte medieval e renascentista do Bode-Museum de Berlim. Essa justaposição de obras de dois continentes evidenciou possíveis correlações, desde a simultaneidade da ação artística no tempo até as semelhanças no plano iconográfico e técnico. Por exemplo, figuras de reis divinos eram veneradas em Angola, do mesmo modo que a origem divina da realeza era representada na figura de Cristo na Alemanha.

A partir da imagem e do texto, podemos afirmar que a proposta expositiva é orientada por uma perspectiva

  • A. etnográfica.
  • B. sincrética.
  • C. evolucionista.
  • D. intercultural.
  • E. enciclopédica.

Questão de Concurso - 1187089

Concurso

Questão 34

Nível

Definida a missão, ou seja, a vocação do museu / equipamento cultural, as práticas educativas devem ser elementos cumpridores desse propósito. É fundamental que as ações educativas sejam planejadas para os diversos públicos visitantes.

São tarefas atribuídas ao educador responsável / analista cultural, exceto:

  • A.

    Gerenciar e contribuir com o trabalho dos expógrafos para a disposição dos textos e objetos, a altura das legendas e vitrines e possíveis roteiros.

  • B.

    Assegurar a acessibilidade aos grupos com necessidades especiais

  • C.

    Planejar ações específicas para estudantes, considerando as diferentes faixas etárias.

  • D.

    Delegar a outros o processo de construção das exposições, bem como o conhecimento da pesquisa sobre os objetos / obras de arte.

Questão de Concurso - 1187092

Concurso

Questão 35

Nível

Formam o público espontâneo de um museu aqueles que visitam as exposições sem agendamento. Para esse tipo de público, devem ser planejadas ações que considerem o seu perfil diversificado e o desconhecimento das motivações que os levam às exposições. Um espaço cultural deve dispor de instrumentos que facilitem o atendimento e diálogo com essas pessoas.

Nesse contexto, assinale a alternativa que não apresenta instrumento(s) adequado(s) a esse grupo de visitantes.

  • A. Textos de parede, catálogos e folders.
  • B. Monitoria individualizada.
  • C. Visitas dramatizadas.
  • D. Programas para famílias.

Questão de Concurso - 1187100

Concurso

Questão 38

Nível

Uma exposição é fruto de um longo processo de planejamento e gestão e deve ter como base uma pesquisa bem fundamentada que reúne o “conceito da exposição”, a narrativa museológica e o acervo disposto ao público.

Conforme as etapas do planejamento de uma exposição, relacione a COLUNA I com a COLUNA II, associando cada conceito à sua respectiva caracterização.

COLUNA I

1. Nome da exposição

2. Data de abertura

3. Descrição

4. Objetivos

5. Público-alvo

6. Curadoria

COLUNA II

( ) Abrange a conceituação, a seleção final do acervo, o acompanhamento do processo museográfico, a coordenação na produção de textos e as demais peças gráficas do evento.

( ) Deve abarcar o conceito da exposição e apresentar de forma direta o que o público irá encontrar.

( ) Como a exposição é resultado de um apurado produto de pesquisa, a mostra deve estar bem definida em seus propósitos, para nortear toda museografia que será desenvolvida.

( ) Apresentação sucinta da exposição, abrangendo seu título e uma breve definição dos seus conceitos.

( ) O tempo de uma exposição deve ser um dos primeiros aspectos a ser pensado, pois isto definirá o seu perfil, se de curta, média ou longa duração.

( ) A museografia depende dessa definição para se planejar os recursos gráficos e o desenho da circulação, bem como a ação educativa a ser desenvolvida no decorrer da exposição.

Assinale a sequência correta.

  • A. 6 1 4 3 2 5
  • B. 5 4 3 2 1 6
  • C. 4 3 1 5 6 2
  • D. 3 2 5 6 4 1

Questão de Concurso - 1187132

Concurso

Questão 48

Nível

Barbosa (2005) afirma que, se o conceito de educação de uma instituição for dar acesso às suas exposições, acervos e eventos, não há dúvida de que as tecnologias contemporâneas têm papel grandemente potencializador nessa questão.

Conforme essa afirmação da autora, assinale a alternativa incorreta.

  • A.

    Os vídeos produzidos sobre artistas, exposições e coleções vieram democratizar o acesso à obra de arte visual.

  • B.

    A defasagem entre avanço tecnológico e qualidade conceitual não prejudica os produtos de museus e centros culturais.

  • C.

    Antes de entender que as tecnologias contemporâneas ampliam o escopo da educação em instituições culturais, deve-se considerar conceitos atualizados e democráticos de educação.

  • D.

    As instituições culturais precisam se organizar para promover uma educação continuada e questionadora.