Questões de Concursos Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul - MS (ALE/MS)

Ver página ALE/MS Navegar questão a questão

Questão 882786

Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul - MS (ALE/MS) 2016

Cargo: Cerimonialista / Questão 65

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

De acordo com as normas de precedência do Cerimonial Público, previstas pelo Decreto Lei no 70.274/1972,
  • A. os antigos Chefes de Estado passarão logo após o Presidente, na constituição de mesas formadas com autoridades brasileiras e estrangeiras.
  • B. o Chefe da Casa Civil, quando estiverem presentes personalidades estrangeiras, terá precedência sobre os seus colegas de Ministério.
  • C. o Chefe de Gabinete Militar da Presidência da República e o Chefe do Gabinete Civil da Presidência da República têm honras, prerrogativas e direitos de Ministros e passarão logo após o Presidente da República.
  • D. o Consultor-Geral da República tem, para efeitos protocolares e de correspondência, o tratamento devido aos Chefes de Gabinete da Presidência da República.
  • E. o Ministro da Justiça tem precedência sobre os demais na constituição de mesas formadas por autoridades nacionais.

Questão 882787

Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul - MS (ALE/MS) 2016

Cargo: Cerimonialista / Questão 66

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

De acordo com as normas de precedência do Cerimonial Público, nos Estados e no Distrito Federal, o governador presidirá as solenidades do poder executivo a que comparecer. A precedência, depois dele, deve observar a seguinte ordem:
  • A. Presidente do Supremo Tribunal Federal, Vice-Governador e Presidente do Congresso Nacional.
  • B. Presidente do Congresso Nacional, Presidente da Assembleia Legislativa e Vice-Governador.
  • C. Vice-Governador, Presidente do Congresso Nacional e Presidente da Assembleia Legislativa.
  • D. Vice-Governador, Presidente da Assembleia Legislativa e Presidente do Tribunal de Justiça.
  • E. Presidente da Assembleia Legislativa, Vice-Governador e Presidente do Tribunal de Justiça.

Questão 883247

Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul - MS (ALE/MS) 2016

Cargo: Agente de Apoio Legislativo / Questão 4

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Médio

Os dois segmentos em que se dividiu a frase Para fazer essa importante mediação, / costuma-se garantir ao servidor a estabilidade e o salário representam, respectivamente,
  • A. uma causa e sua consequência.
  • B. um efeito e uma finalidade.
  • C. uma finalidade e sua alternativa.
  • D. um efeito e sua contestação.
  • E. uma finalidade e o meio necessário.

Questão 883250

Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul - MS (ALE/MS) 2016

Cargo: Agente de Apoio Legislativo / Questão 7

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Médio

Na transposição da frase dada para a voz passiva, a correta forma verbal resultante é a que está indicada em:
  • A. O servidor público eficiente desperta o reconhecimento dos cidadãos = tem despertado.
  • B. O Mercado atenderia apenas as exigências do livre comércio = seriam atendidas.
  • C. Um funcionário está sempre representando uma mediação entre o Estado e o público = sendo representado.
  • D. Os melhores servidores justificam todas as garantias de sua função = têm sido justificadas.
  • E. Os servidores encarnam um importante vínculo entre o Estado e o povo = vem encarnando.

Questão 883251

Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul - MS (ALE/MS) 2016

Cargo: Agente de Apoio Legislativo / Questão 8

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Médio

Atente para as seguintes frases:

I. O servidor p úblico carece de estabilidade e boa remuneração.

II. A falta de estabilidade e de boa remuneração fragiliza a condição do servidor.

III. Um servidor fragilizado deixa de ser eficiente.

As frases acima estão articuladas com correção e coerência em:

  • A. Quando a condição de um servidor é fragilizada pela falta de estabilidade e boa remuneração, ele deixa de ser eficiente.
  • B. Por falta de estabilidade e de boa remuneração, de cujas se mostra carente, o servidor fragilizado fica ineficiente.
  • C. Não há eficácia, quando um servidor, sempre carente de estabilidade e remuneração, deixa por isso de ser eficiente.
  • D. Por ser fragilizado, mesmo porque ele carece de estabilidade e boa remuneração, um servidor deixa de ser eficiente.
  • E. Um servidor se torna ineficiente, caso a estabilidade e a boa remuneração venham a faltar-lhe, assim lhe fragilizando.

Questão 883257

Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul - MS (ALE/MS) 2016

Cargo: Agente de Apoio Legislativo / Questão 14

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Médio

Tome tenência, velho Braga. Deixe a nuvem, olhe para o chão (...)

Utilizando-se o tratamento da 2ª pessoa do singular, a sequência das formas verbais da frase acima deverá ser:

  • A. toma − Deixa − olha
  • B. tomes − Deixes − olha
  • C. tomai − Deixai − olheis
  • D. tomes − Deixas − olhas
  • E. toma − Deixes − olhes

Questão 881844

Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul - MS (ALE/MS) 2016

Cargo: Analista de Recursos Humanos / Questão 13

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A forma de tratamento, o emprego de pronomes e a linguagem utilizada estão plenamente adequados no seguinte caso:
  • A. Vimos respeitosamente à presença de Vossa Excelência, chefe dos Recursos Humanos, solicitar que se dê um jeito na situação precária em que se acham os funcionários recém-admitidos.
  • B. Senhor Governador: Vossa Senhoria deveis considerar que nossas demandas são justas, razão pela qual aqui as reexpomos.
  • C. Como o Senador não pode comparecer, falará em seu lugar seu assessor imediato, que tão bem representa Sua Excelência.
  • D. Não é por nada não, chefia, mas bem que podias honrar-nos a todos que o estimamos com um atendimento mais cordial.
  • E. Caros deputados, se não pretendeis votar a emenda ainda hoje, tomamos a liberdade de lembrar-lhes que a próxima semana estará tomada por outra pauta.

Questão 881857

Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul - MS (ALE/MS) 2016

Cargo: Analista de Recursos Humanos / Questão 26

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Mariana é brasileira e tem 66 anos; Pedro é chileno e tem 19 anos; Benedita é brasileira e tem 16 anos; João é brasileiro, tem 18 anos e está prestando o serviço militar obrigatório; Ana é brasileira, tem 22 anos e é analfabeta. Considerando que todos fixaram domicílio no Brasil, a soberania popular mediante plebiscito de caráter nacional será exercida obrigatoriamente por
  • A. Mariana; facultativamente por Benedita e Ana; não podendo exercê-la Pedro e João.
  • B. Pedro e Ana; facultativamente por Mariana e Benedita; não podendo exercê-la João.
  • C. Mariana e Ana; facultativamente por João; não podendo exercê-la Pedro e Benedita.
  • D. Ana; facultativamente por Mariana, Benedita e João; não podendo exercê-la Pedro.
  • E. Mariana e João; facultativamente por Pedro e Benedita; não podendo exercê-la Ana.

Questão 883281

Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul - MS (ALE/MS) 2016

Cargo: Agente de Apoio Legislativo / Questão 38

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Médio

Após o recebimento e a leitura de um email com anexo, o usuário percebeu que o computador foi infectado por algum tipo de malware. Fazendo uma pesquisa na internet, o usuário identificou que o malware que infectou o computador é do tipo worm, pois
  • A. arquivos desconhecidos foram instalados no Desktop do computador.
  • B. arquivos de documentos de texto foram deletados da pasta Documentos.
  • C. o computador realiza atividades como se estivesse sendo controlado remotamente.
  • D. o computador enviou várias mensagens de email com propaganda indevidamente.
  • E. o computador ficou lento indicando grande consumo de recursos.

Questão 881872

Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul - MS (ALE/MS) 2016

Cargo: Analista de Recursos Humanos / Questão 41

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A tomada de decisão e o processo de tomar decisões são tarefas características do gestor e correspondem à escolha entre alternativas ou possibilidades, com vistas a resolver problemas ou aproveitar oportunidades. Nesse sentido, de acordo com categorização de autores consagrados, quanto aos diferentes tipos de decisões no âmbito de uma organização, quando um gestor soluciona um problema tomando por base normas preestabelecidas, disponíveis no acervo da organização, sua decisão é do tipo
  • A. padronizada.
  • B. programada.
  • C. consultiva.
  • D. normativa.
  • E. prescritiva.