Questões de Concurso de Planejamento, Relevância, Risco de Auditoria e Controles Internos - Auditoria

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 1001206

Tribunal de Contas Estadual - RS (TCE/RS) 2018

Cargo: Auditor Público Externo - Área Administração Pública / Questão 33

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Em auditoria, risco é a possibilidade de que uma distorção relevante nas demonstrações contábeis, independentemente se causada por fraude ou erro, passe despercebida e cause manifestação incorreta do auditor. Acerca dos riscos e seu controle:
  • A. alguns riscos, no opinião do auditor, requerem uma consideração especial e, por esse motivo, são definidos como significativos.
  • B. os procedimentos de avaliação de riscos, por si só, fornecem evidências de auditoria apropriadas e suficientes para suportar a opinião da auditoria.
  • C. na avaliação de riscos, não se deve realizar indagações à administração, à auditoria interna ou a outros da própria entidade, por tendenciosidade de respostas.
  • D. para a avaliação de riscos, a estrutura societária da entidade auditada ou sua natureza é irrelevante.
  • E. o auditor deve tomar o cuidado de não empregar sua experiência prévia com a entidade auditada como fonte de informações para avaliação de riscos.

Questão 1001207

Tribunal de Contas Estadual - RS (TCE/RS) 2018

Cargo: Auditor Público Externo - Área Administração Pública / Questão 34

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

O Diretor de Controle e Fiscalização de um Tribunal de Contas toma conhecimento pela mídia de supostas irregularidades ocorridas em determinada Prefeitura. Tendo em vista a materialidade e a gravidade do noticiado, resolve realizar apuração específica. Para tanto, consulta os servidores acerca de quem estaria disposto a se deslocar até o Município para realizar a fiscalização in loco. Um servidor se oferece, alegando em seu favor que teria fiscalizado aquele Município nos últimos seis anos e estaria familiarizado com sua estrutura administrativa. O servidor foi designado e cumpriu sozinho a tarefa, concluindo pela inexistência da irregularidade noticiada, entendimento que o Diretor considerou melhor ser revisto por um segundo servidor.

O Diretor de Fiscalização

  • A. acertou ao escolher quem mais vezes fiscalizou o órgão, atendendo ao princípio da especialização.
  • B. errou ao levar notícias midiáticas em consideração no planejamento de auditoria.
  • C. acertou ao manter-se cético quanto aos achados e solicitar revisão do relatório de auditoria.
  • D. errou ao desviar do planejamento de auditoria existente, pois tal etapa do procedimento não deve ser iterativa ou contínua.
  • E. acertou ao destacar servidor independentemente da natureza da irregularidade noticiada, uma vez que os auditores devem se pautar pelo princípio da generalidade.

Questão 1001210

Tribunal de Contas Estadual - RS (TCE/RS) 2018

Cargo: Auditor Público Externo - Área Administração Pública / Questão 37

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Acerca da materialidade e planejamento em auditoria, assevera-se:

  • A. O planejamento, como etapa antecedente e isolada da auditoria, consiste primeiramente na identificação dos riscos de distorções relevantes e subsequentemente na determinação da materialidade.
  • B. É possível, na ponderação de materialidade, estabelecer um valor abaixo do qual as distorções não corrigidas, individualmente ou em conjunto, serão sempre avaliadas como não relevantes.
  • C. Independentemente das informações reveladas no transcurso da auditoria, é importante que o auditor não revise a mate rialidade para as demonstrações contábeis como um todo.
  • D. No controle de legalidade que faz o Tribunal de Contas, não se deve levar em conta a materialidade, pois todas as transações devem ser individualmente apreciadas.
  • E. A avaliação de relevância de eventuais distorções é o fundamento para determinação da época, extensão e natureza de procedimentos a aplicar.

Questão 995817

Ministério Público Estadual - AL (MPE/AL) 2018

Cargo: Auditor do Ministério Público / Questão 44

Banca: Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível: Superior

O planejamento é a primeira etapa da Auditoria e envolve aspectos estratégicos e operacionais, sendo o momento em que são estabelecidas a natureza, a oportunidade e a extensão dos exames, bem como determinados os prazos e outros recursos necessários para que os trabalhos sejam eficientes, eficazes e efetivos. Sobre as etapas do planejamento de uma Auditoria, assinale a afirmativa correta.
  • A. O objetivo refere-se ao objeto e aos critérios que os auditores utilizarão para avalia- lo.
  • B. O escopo refere-se àquilo que se busca alcançar, deixando claro o que se pretende esclarecer com a fiscalização.
  • C. A abordagem descreve a natureza dos procedimentos a serem aplicados, para reunir evidências de auditoria.
  • D. A estratégia busca eliminar os riscos de auditoria.
  • E. devem ser definidas de modo a permanecerem intactas até o final do processo.

Questão 995818

Ministério Público Estadual - AL (MPE/AL) 2018

Cargo: Auditor do Ministério Público / Questão 45

Banca: Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível: Superior

A Matriz de Planejamento é um quadro-resumo das informações relevantes de uma auditoria, tratando-se de um papel de trabalho que organiza e sistematiza toda a etapa de planejamento, com o propósito de orientar a equipe na fase de execução.

A matriz integra o programa de auditoria, contendo alguns dos elementos essenciais que o definem, entre os quais estão as questões de auditoria. Na elaboração das questões de auditoria deve-se levar em conta os aspectos listados a seguir, à exceção de um.

Assinale-o.

  • A. O texto deve ser redigido com clareza.
  • B. Os termos usados devem ser definidos e mensurados.
  • C. Os questionamentos devem ter viabilidade investigativa.
  • D. O texto deve ter coerência.
  • E. O texto deve apresentar os resultados esperados.

Questão 995819

Ministério Público Estadual - AL (MPE/AL) 2018

Cargo: Auditor do Ministério Público / Questão 46

Banca: Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível: Superior

O planejamento da auditoria governamental deve considerar os riscos da auditoria, que representa a possibilidade de o profissional emitir uma opinião tecnicamente inadequada. Em relação à classificação do risco de auditoria, assinale a afirmativa correta.
  • A. O risco de planejamento é a possibilidade de o erro acontecer devido às falhas no planejamento.
  • B. O risco inerente é a possibilidade de o erro acontecer em face de não existir controle.
  • C. O risco de controle é a possibilidade de o erro não ser detectado pelo profissional de auditoria governamental.
  • D. O risco de detecção é a possibilidade de o erro acontecer e não ser detectado, em face das limitações dos controles existentes.
  • E. O risco de resultado é a possibilidade de não se obter o resultado esperado, devido a fatores externos.

Questão 477969

Ministério Público Estadual - PI (MPE/PI) 2012

Cargo: Analista Ministerial - Área Controle Interno / Questão 115

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Com relação a diretrizes, princípios, conceitos e normas técnicas para a atuação do sistema de controle interno, julgue os itens que se seguem.

Técnica de auditoria é o conjunto de processos e ferramentas operacionais de que se serve o controle para a obtenção de evidências. Por exemplo, o rastreamento é uma técnica que permite acompanhar a movimentação de uma pessoa investigada para denunciá-la no momento oportuno.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 990608

Empresa Maranhense de Administração Portuária - MA (EMAP/MA) 2018

Cargo: Analista Portuário II - Área Financeira / Questão 104

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Considerando as etapas e as atividades envolvidas no planejamento e na execução dos trabalhos do auditor, julgue os itens que se seguem. A definição do escopo deve apresentar declaração clara do foco, da extensão e dos limites da auditoria, e sua amplitude deve ser suficiente para que os objetivos da auditoria sejam atingidos.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 990609

Empresa Maranhense de Administração Portuária - MA (EMAP/MA) 2018

Cargo: Analista Portuário II - Área Financeira / Questão 105

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Considerando as etapas e as atividades envolvidas no planejamento e na execução dos trabalhos do auditor, julgue os itens que se seguem. Quando da avaliação do risco de detecção, o auditor deve levar em conta que a organização está exposta ao risco independentemente de quaisquer ações gerenciais que possam reduzir a probabilidade de sua ocorrência ou seu impacto.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 990611

Empresa Maranhense de Administração Portuária - MA (EMAP/MA) 2018

Cargo: Analista Portuário II - Área Financeira / Questão 107

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Considerando as etapas e as atividades envolvidas no planejamento e na execução dos trabalhos do auditor, julgue os itens que se seguem. Ao planejar e executar testes de controle, o auditor deve verificar o modo como os controles foram aplicados ao longo do período, a consistência dos controles e quem os aplicou ou por quais meios eles foram aplicados.
  • C. Certo
  • E. Errado