Questões de Concurso de Procedimentos de Auditoria - Auditoria

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 1022970

Ministério Público Estadual - PE (MPE/PE) 2018

Cargo: Analista Ministerial - Área Auditoria / Questão 30

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Ponderando a impossibilidade de analisar todos os documentos de todos os processos de aposentadoria em um determinado ano, a seção de controle interno optou por conduzir investigação pormenorizada de apenas parte dos processos. Nesse caso,
  • A. tal opção viola a missão institucional do controle interno, que deve analisar a legalidade de todos os atos praticados pela administração.
  • B. é possível que se realize tal amostra, desde que seus resultados não sirvam de base para conclusão a respeito da população da qual ela é selecionada.
  • C. para que se empregue a amostragem, é necessário considerar a finalidade do procedimento de auditoria e as características da população da qual será retirada a amostra.
  • D. houve equívoco no emprego da amostragem, pois tanto o exercício quanto o tipo de ato são ambos determinados.
  • E. a amostragem é aceita, embora não exista norma específica de auditoria acerca do procedimento.

Questão 1022135

Tribunal de Contas Estadual - MG (TCE/MG) 2018

Cargo: Analista de Controle Externo - Área Ciência Contábeis / Questão 59

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Se, ao investigar flutuações e relações identificadas, o auditor concluir que elas são inconsistentes com outras informações relevantes, essa investigação caracterizará o procedimento de auditoria denominado
  • A. reexecução.
  • B. confirmação externa.
  • C. inspeção.
  • D. observação.
  • E. procedimento analítico.

Questão 923189

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia 4ª Região - RJ (CRTR/RJ) 2017

Cargo: Contador / Questão 43

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Entre as técnicas de auditoria adotadas pelo Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal, o cotejamento de informações obtidas de fontes independentes, no âmbito da própria organização, com vistas à consistência mútua entre diferentes amostras de evidência, constitui-se no(na)
  • A. confirmação externa.
  • B. confirmação interna.
  • C. correlação das informações obtidas.
  • D. observação das atividades e condições.
  • E. rastreamento.

Questão 923190

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia 4ª Região - RJ (CRTR/RJ) 2017

Cargo: Contador / Questão 44

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Entre os casos em que se recomenda a utilização de amostragem, cita-se a situação em que
  • A. haja necessidade de alta precisão.
  • B. as características da população sejam de fácil mensuração, mesmo com população que não seja pequena.
  • C. a população seja muito pequena e a amostra fique relativamente grande.
  • D. a população seja muito pequena e suas características sejam totalmente desconhecidas.
  • E. a população seja numerosa e com características bastante homogêneas.

Questão 923191

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia 4ª Região - RJ (CRTR/RJ) 2017

Cargo: Contador / Questão 45

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

A inclusão, pelo conselho, das receitas de prestação de serviços e de convênios no mesmo orçamento da receita de anuidades está em consonância com o princípio do(da)
  • A. unidade.
  • B. totalidade.
  • C. universalidade.
  • D. publicidade.
  • E. orçamento bruto.

Questão 1014667

Prefeitura de São Bernardo do Campo - SP 2018

Cargo: Contador I / Questão 51

Banca: Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível: Superior

A amostragem estatística utilizada na definição e seleção da amostra de auditoria, na execução de testes de controles e de detalhes na avaliação dos resultados da amostra
  • A. tem finalidade de subsidiar inferências e fornecer base razoável para o auditor concluir quanto à população da qual a amostra é selecionada, desprezando- -se critérios de representatividade na escolha de itens da amostra.
  • B. caracteriza-se pela seleção aleatória dos itens da amostra e pelo uso da teoria das probabilidades para avaliar os resultados das amostras, incluindo a mensuração do risco da amostragem.
  • C. caracteriza-se pela seleção representativa de itens da amostra conforme o julgamento profissional do auditor, com vistas à fornecer base razoável para o auditor concluir quanto à população da qual a amostra é selecionada.
  • D. pode ser validamente utilizada em auditorias internas, vedado o seu emprego em auditorias independentes, dado o potencial de seleção enviesada de amostra.
  • E. permite que o auditor obtenha evidência de auditoria em relação a todas as características da população selecionada, desde que observado índice de confiança razoável das probabilidades investigadas.

Questão 1009018

Assembléia Legislativa - RO 2018

Cargo: Consultor Legislativo - Área Assessoramento em Orçamentos / Questão 56

Banca: Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível: Superior

Assinale a opção que indica o critério que deve ser adotado na decisão quanto ao uso de abordagem de amostragem estatística ou não estatística no processo de auditoria de uma entidade.
  • A. O julgamento do auditor.
  • B. A experiência do auditor.
  • C. O tamanho da amostra.
  • D. A representatividade da amostra.
  • E. O nível de risco de amostragem que a empresa auditada oferece.

Questão 1009019

Assembléia Legislativa - RO 2018

Cargo: Consultor Legislativo - Área Assessoramento em Orçamentos / Questão 57

Banca: Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível: Superior

A Cia. Vermelha é controladora da Cia. Preta. A Cia. Vermelha é auditada pela Cia. V e a Cia. Preta é auditada pela Cia. P. Acerca do relatório do auditor em relação ao fato, assinale a afirmativa correta.
  • A. O relatório da Cia. Vermelha deve trazer uma ressalva.
  • B. O relatório da Cia. Preta deve trazer uma ressalva.
  • C. O relatório da Cia. Vermelha deve conter um parágrafo de ênfase.
  • D. O relatório da Cia. Preta deve conter um parágrafo de ênfase.
  • E. O auditor da Cia. Vermelha deve abster-se de dar uma opinião, a menos que a controlada e a controladora sejam auditadas pela mesma empresa de auditoria.

Questão 1011612

Secretaria da Fazenda do Estado - GO (SEFAZ/GO) 2018

Cargo: Auditor Fiscal da Receita Estadual / Questão 80

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A estratégia global de auditoria
  • A. deve identificar características do trabalho, desde que não defina o seu alcance.
  • B. define o alcance, época e direção de auditoria, para orientar o desenvolvimento do plano de auditoria.
  • C. não pode, desde logo, definir objetivos do relatório do trabalho.
  • D. orienta os esforços da equipe do trabalho, considerando fatores não significativos.
  • E. não deve levar em conta resultados de atividades preliminares nem o conhecimento obtido em outros trabalhos realizados pelo sócio do trabalho.

Questão 1001202

Tribunal de Contas Estadual - RS (TCE/RS) 2018

Cargo: Auditor Público Externo - Área Administração Pública / Questão 29

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

O serviço de inteligência do Tribunal de Contas investigou os saldos das demonstrações contábeis de 497 municípios de um determinado Estado. Em seu relatório, indicou que foi extraído o primeiro dígito de cada saldo contábil e, após totalizadas as suas frequências, computou-se a estatística x2 ao nível de confiança α apropriado. A hipótese nula, correspondente à aderência à Lei de Benford, foi rejeitada nos balanços de 50 municipalidades do universo pesquisado.

Considerando o exposto, é correto afirmar:

  • A. Segundo tal teste, não é necessária a análise de 447 balanços para se assegurar que todas as eventuais manipulações na população foram encontradas.
  • B. Segundo tal teste, em 50 balanços foram encontradas manipulações nos saldos.
  • C. As normas técnicas de auditoria deixaram de permitir o emprego de técnicas estatísticas como a sugerida.
  • D. As normas técnicas de auditoria permitem o uso de amostragem, tanto a estatística quanto a não estatística.
  • E. É possível concluir, pelos dados apresentados, que o teste estatístico falhou e seu resultado não poderá ser aproveitado nos procedimentos de auditoria.