Biologia Toxicologia

O texto a seguir corresponde às questões 28 e 29. 


Segundo a Rede Nacional de Centros de Informação e Assistência Toxicológica (Renaciat) e o Sistema Nacional de Informações Tóxicofarmacológicas (Sinitox), “epidemiológica-mente, as causas de intoxicação e envenenamento mais prevalentes são os medicamentos, domissanitários, escorpiões, produtos químicos industriais, outros animais peçonhen-tos/venenosos, agrotóxicos de uso agrícola, substâncias de uso abusivo, serpentes, animais não peçonhentos, aranhas, ratici-das, agrotóxicos de uso doméstico, produtos veterinários, plantas, cosméticos, alimentos, metais e outros”.

Acerca das síndromes decorrentes de intoxicação e envenenamento, assinale o item correto.

  • A.

    Nas síndromes colinérgicas, cujas causas envolvem uso excessivo de atropina, escopolamina, amitriptilina, cogumelos e outros, verificam-se como manifestações clínicas a agitação, o rubor facial, a midríase, a confusão mental, arritmias e outros.

  • B.

    Nas síndromes extrapiramidais, verificam-se como sintomas movimentos involuntários tremores, sialorreia, e as causas incluem o uso abusivo de clorpromazina, bromoprida ou metoclopramida via IV, por exemplo.

  • C.

    Nas síndromes adrenérgicas causadas pelo carbamato ou “chumbinho”, as manifestações clínicas são sialorreia, vômitos, convulsão, entre outras.

  • D.

    O tratamento das síndromes narcóticas (morfina, meperidina, codeína ou heroína) é a administração de benzodiazepínico.