Biologia Evolução

“Vamos considerar algumas características adaptativas das plantas que crescem em ambientes desérticos — caules suculentos e colunares (os quais garantem a capacidade de armazenar água), espinhos protetores e folhas reduzidas. Três famílias fundamentalmente diferentes de plantas floríferas — Euphorbiaceae, Cactaceae e Asclepiadaceae — têm membros que evoluíram nesta direção. (...) Os cactos nativos (com uma exceção) ocorrem exclusivamente no Novo Mundo. Os representantes suculentos comparáveis das famílias das euforbiáceas e asclepiadáceas ocorrem principalmente nas regiões desérticas da Ásia e especialmente da África, onde eles desempenham um papel ecológico similar aos dos cactos do Novo Mundo.”

(RAVENP.H.; EVERT R. F.; EICHHORN S. E. Biologia Vegetal. 7a ed. Editora Guanabara Koogan S. A., Rio de Janeiro. 2011).

O texto descreve um exemplo de:

  • A. evolução divergente.
  • B. evolução artificial.
  • C. coevolução.
  • D. seleção estabilizadora.
  • E. evolução convergente.