Biologia Metodologia Científica Práticas Laboratoriais

O teste SeptiFast consiste em um método molecular de amplificação in vitro de ácidos nucleicos para
  • A. detecção e identificação de DNA de 25 espécies de bactérias e fungos causadores de 90% de todas as infecções sanguíneas.
  • B. detecção de variantes genéticas, incluindo deleções e duplicações, para os genes CYP2D6 e CYP2C19, que têm papel primordial no metabolismo de medicamentos.
  • C. detecção qualitativa de RNA do HIV-1 Grupo M, HIV-1 Grupo O, HCV e DNA do HBV em amostras de plasma de doadores.
  • D. detecção e genotipagem do vírus do papiloma humano de 33 genótipos mais relevantes.
  • E. determinação da carga viral de citomegalovírus para acompanhamento de paciente de alto risco e monitorização da resposta à terapêutica.