Questões de Concursos Câmara de Parauapebas - PA (Câmara de Parauapebas/PA)

Ver página Câmara de Parauapebas/PA Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 455514

Concurso Câmara de Parauapebas Analista de Controle Interno 2011

Questão 38

Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP)

Nível Superior

O parágrafo 3º do artigo 50 da LRF estabeleceu que a administração pública deve manter sistema de custos que permita a avaliação e o acompanhamento de gestão orçamentária, financeira e patrimonial. Qual o termo abaixo que corresponde à compra de um produto ou serviço qualquer que gera sacrifício para a entidade, sacrifício esse representado por entrega ou promessa de entrega de ativos?

  • A.

    Gasto.

  • B.

    Custo.

  • C.

    Despesa.

  • D.

    Perda.

Questão de Concurso - 455524

Concurso Câmara de Parauapebas Analista de Controle Interno 2011

Questão 48

Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP)

Nível Superior

Tipo de dívida flutuante representada por ações em dinheiro para garantia de contratos, consignações a pagar, retenções de obrigações de terceiros a recolher e outros com finalidades especiais, como os utilizados para garantia de recursos:

  • A.

    Restos a Pagar.

  • B.

    Depósitos

  • C.

    Serviços da Dívida a Pagar.

  • D.

    Débitos de Tesouraria.

Questão de Concurso - 455377

Concurso Câmara de Parauapebas Procurador 2011

Questão 1

Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP)

Nível Superior

De acordo com Luiz Costa Pereira Junior, o uso da forma “presidenta”

  • A.

    decorre de uma preferência popular.

  • B.

    é condenado por professores, gramáticos e dicionaristas.

  • C.

    deverá ser adotado por todo brasileiro para se referir a Dilma Rousseff, por determinação da lei federal 2.749.

  • D.

    ressuscitou após o país escolher sua primeira mulher à Presidência da República, apesar de já ter sido determinado oficialmente.

Questão de Concurso - 455378

Concurso Câmara de Parauapebas Procurador 2011

Questão 2

Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP)

Nível Superior

Pode-se depreender que aqueles que tomaram "presidenta" como “neologismo avesso ao sistema da língua” consideram que

  • A.

    é impossível chegar a um consenso linguístico que justifique opção contrária à lei.

  • B.

    as duas formas – “a presidente” e “presidenta” – são adequadas, porque ambas são consagradas pelo uso.

  • C.

    as palavras que têm vogal temática -e, inclusive as que derivaram do particípio presente –nte, não apresentam flexão de gênero em -a.

  • D.

    essa forma é legítima, apesar de ter sido criada recentemente, visto que é consignada pelos grandes dicionários de língua portuguesa.

Questão de Concurso - 455379

Concurso Câmara de Parauapebas Procurador 2011

Questão 3

Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP)

Nível Superior

Quanto à noção de flexão de gênero, palavras como “agente”, “gerente”, “paciente”, “cliente”, segundo a gramática normativa,

  • A.

    manifestam o feminino por meio de sufixos derivacionais bem marcados.

  • B.

    são sobrecomuns, ou seja, apresentam um só gênero que se aplica a homens e mulheres.

  • C.

    perdem a vogal temática na formação do feminino, sofrendo mudança ou acréscimo no radical.

  • D.

    têm uma única forma para os dois gêneros, cabendo ao artigo – o, a – determinar o masculino ou o feminino.

Questão de Concurso - 455380

Concurso Câmara de Parauapebas Procurador 2011

Questão 4

Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP)

Nível Superior

Ao dizer que o termo "presidenta", embora pareça recente, é antigo, Marcelo Módolo

  • A.

    manifesta explicitamente sua predileção por essa forma.

  • B.

    chama a atenção para o fato de ser essa forma um neologismo.

  • C.

    recorre ao peso da tradição da língua para fundamentar a tese de que se trata de uma forma correta.

  • D.

    serve-se de uma citação para evidenciar que a escolha dessa forma é determinada por questões ideológicas.

Questão de Concurso - 455381

Concurso Câmara de Parauapebas Procurador 2011

Questão 5

Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP)

Nível Superior

Ao afirmar que “Na prática, é improvável que a questão cause crises, e é esperado que a preferência se resolva nas situações comunicativas”, Elis Cardoso de Almeida sugere que

  • A.

    é pouco provável que a prática traga soluções para a questão em pauta.

  • B.

    o uso, o senhor da língua, consagrará a preferência por uma ou outra forma.

  • C.

    as situações comunicativas terão pouca influência na predileção por uma ou outra forma.

  • D.

    as duas formas – “a presidente” e “presidenta” – não poderão conviver harmonicamente na língua.

Questão de Concurso - 455382

Concurso Câmara de Parauapebas Procurador 2011

Questão 6

Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP)

Nível Superior

Tanto Marcelo Módolo quanto Elis Cardoso de Almeida

  • A.

    são completamente favoráveis à discussão sobre o uso da forma “presidenta”.

  • B.

    não manifestam preferência por nenhuma das duas formas – “a presidente” ou “presidenta”.

  • C.

    defendem o uso de “presidenta”, já que nas situações comunicativas essa forma é preponderante.

  • D.

    preferem a forma “a presidente” pelo fato de existir pouca variação de gênero em palavras terminadas em -nte.

Questão de Concurso - 455383

Concurso Câmara de Parauapebas Procurador 2011

Questão 7

Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP)

Nível Superior

O enunciado em que não há verbo introdutor de fala é:

  • A.

    “Sua colega, Elis Cardoso de Almeida, concorda” (linha 8).

  • B.

    “Linguistas de instituições como USP ponderam” (linha 1).

  • C.

    “Por essa lógica, deveríamos ter (o, a) presidente” (linhas 11-12).

  • D.

    “Marcelo Módolo informa que, embora pareça recente, "presidenta" é termo antigo” (linhas 1-2).

Questão de Concurso - 455384

Concurso Câmara de Parauapebas Procurador 2011

Questão 8

Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP)

Nível Superior

No excerto acima, apresenta-se a ideia de que a(s)

  • A.

    explicação da predileção pela forma “presidenta” reside no campo da morfologia.

  • B.

    ênfase na flexão assinala a resistência ao fato de uma mulher ocupar o posto de presidência.

  • C.

    adoção da forma “presidenta” é determinada mais por motivos ideológicos do que gramaticais.

  • D.

    duas formas – “a presidente” ou “presidenta” – são aceitas e sua escolha decorre de critérios meramente semânticos.